Com aviões Embraer, Amaszonas estreia voos para São Paulo

Copastur bannerPowered by Rock Convert

A Amaszonas, companhia aérea privada boliviana que tem também uma filial no Uruguai, estreia  segunda-feira (21) sua ligação regular entre a Bolívia e o Brasil. O início das operações foi postergado algumas vezes devido à pandemia.

Antes da parada nas ligações com o Brasil devido ao coronavírus, em março, a Amaszonas voava regularmente entre Santa Cruz e os aeroportos de Foz do Iguaçu e Rio de Janeiro/Galeão. De lá para cá, apenas alguns voos não regulares ocorreram para repatriação de pessoas.

Quando serão os voos

Segundo programação aprovada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o reinício das operações regulares no Brasil, no inédito destino paulista, ocorrerá com frequência de 2 voos semanais em setembro, às segundas e quintas-feiras, passando a 4 por semana em outubro, às segundas, quartas, quintas e sextas, e diário em novembro.

Em setembro e outubro: O voo de número Z8-430 pousa em Guarulhos sempre às 13:40, e decola uma hora depois, às 14:40, horários de Brasília, no voo de número Z8-431 de volta a Santa Cruz de la Sierra. Todas as operações ocorrerão com jatos Embraer 190.

Em Novembro: a previsão é que a rota passe a ser diária e com mudança de horários. Pouso no GRU Airport às 15:55 e decolagem às 16:50.

Enquanto isso, a filial uruguaia segue voando aos sábados entre Montevidéu e Guarulhos, também com aviões Embraer 190, pousando às 15:00 e decolando às 19:00, horários de Brasília.

Até o momento, a Amaszonas ainda não divulgou previsão de retorno dos voos de Foz e do Rio de Janeiro, mas é possível que eles aconteçam na temporada de verão, conforme a demanda e a evolução da pandemia.

*Fonte: Aeroin

 

SUA EMPRESA TAMBÉM PRECISA DE UMA GESTÃO INTELIGENTE DE VIAGENS?

Entre em contato para contratar nossos serviços

Fale Conosco
We are using cookies to give you the best experience. You can find out more about which cookies we are using or switch them off in privacy settings.
AcceptPrivacy Settings

GDPR

  • teste

teste