Reino Unido planeja reabertura gradual e mantém Brasil como mercado prioritário

Copastur banner

As restrições não mudam a relação que os brasileiros têm com um dos principais destinos da Europa, a Grã-Bretanha. Pelo menos é o que espera o VisitBritain – órgão oficial de promoção do destino. O vice-presidente executivo para a América Latina no órgão, Gavin Landry, ressaltou que o Brasil continua sendo um mercado muito importante, sendo o número um da América Latina para o Reino Unido. No momento, segundo ele, o objetivo é fazer com que os brasileiros continuem considerando a Grã-Bretanha como um destino para quando as fronteiras voltarem a abrir.

“Nossa equipe no Brasil continua a manter a Grã-Bretanha na cabeça dos viajantes brasileiros por meio de nossos canais online e atividades de relações públicas para impulsionar futuras reservas, compartilhando o melhor de nossa cultura, da vida no campo e nas cidades e das atrações virtuais para visitantes, bem como por meio de filmes, TV, música, patrimônio, literatura, jardins e comida e bebida britânicas”, disse o executivo em entrevista exclusiva ao M&E.

Landry ressaltou que o VisitBritain mantém o seu compromisso com o trade brasileiro. “Nosso recente evento de engajamento de comprador/fornecedor no início de março, o ExploreGB, foi feito de forma virtual pela primeira vez este ano. Tivemos nossa maior delegação brasileira de todos os tempos, com 29 operadoras de turismo e dezenas de agentes de viagens participantes. Esses números por si só mostram o entusiasmo e a oportunidade do comércio de vender a Grã-Bretanha”, destacou.

Da mesma forma, ele lembra que antes das restrições, os números estavam em ascensão. De acordo com a Pesquisa Internacional de Passageiros (IPS), o número de chegadas nas férias e feriados cresceu 63% entre 2016 e 2019. Também houve um forte primeiro trimestre em 2020, com o total de visitas do Brasil crescendo 3%, para um novo recorde de 76 mil chegadas. Os gastos também aumentaram 8% e um novo recorde de visitas em feriados e visitas a Londres também foi estabelecido.

O executivo acredita que, assim que as restrições forem amenizadas e no momento certo, sabendo que há uma demanda reprimida, estaremos prontos para lançar nossa campanha de recuperação global no Brasil, promovendo todas as experiências maravilhosas que se viverá na Grã-Bretanha e competindo muito pelos visitantes brasileiros.

REABERTURA SEGURA

Gavin Landry reiterou o que o mundo inteiro está assistindo: o programa de vacinação no Reino Unido tem sido muito bem-sucedido. A meta é que todos os adultos na Inglaterra receberem a vacina até o final de julho. “É uma notícia animadora para o setor. Estamos otimistas de que caminhamos para a recuperação”, afirmou.

Embora as restrições nacionais ainda estejam em vigor, o governo do Reino Unido também criou um roteiro para saída do lockdown para a reabertura doméstica. A esperança é ver serviços de hospitalidade ao ar livre, acomodações com cozinha individuais ou grupos familiares e algumas atrações ao ar livre abertas na Inglaterra a partir de 12 de abril, e todas as acomodações para hóspedes e atrações fechadas, como museus, abertas a partir de 17 de maio, com alguns regulamentos ainda em vigor. A partir de 21 de junho, o governo do Reino Unido espera remover todos os limites legais ao contato social e reabrir todas as atrações e serviços de hospitalidade restantes na Inglaterra. Irlanda do Norte, Escócia e País de Gales também estão definindo suas medidas para aliviar as restrições domésticas.

E OS TURISTAS INTERNACIONAIS?

Landry lembrou que, a curto prazo, o país continua a proteger a vacinação e a mitigação do risco representado por variantes importadas do vírus, o que significa que as restrições duram ainda mais um tempo. De acordo com ele, o Reino Unido também está trabalhando com outros países para liderar esforços globais de adoção de uma estrutura internacional com padrões que sejam consistentes para os passageiros e para o setor. “Quando for seguro, o Reino Unido será novamente o destino de escolha para visitantes internacionais de todo o mundo”, garantiu.

Em reconhecimento à importância das viagens internacionais para a economia, o governo do Reino Unido se comprometeu a realizar uma análise sobre quando as viagens internacionais podem recomeçar. O governo do Reino Unido estabeleceu uma força-tarefa, a Global TravelTaskforce, que apresentará um relatório em 12 de abril de 2021 com recomendações para facilitar o retorno a viagens internacionais o mais rápido possível, embora não antes de 17 de maio de 2021.

COMO ATRAIR TURISTAS NOVAMENTE?

Calma. Ainda não é o momento de convidar pessoas para viajar. No entanto, Landry afirmou que assim que as restrições forem atenuadas, no momento certo, o VisitBritain estará pronto para lançar atividades de marketing nos principais mercados, entre eles o Brasil, com o objetivo, segundo ele, de promover a retomada das viagens, incorporando mensagens inspiradoras necessárias para construir a confiança do viajante brasileiro.

“Temos monitorado o sentimento do consumidor durante a pandemia com nossas pesquisas mais recentes. Os números indicam uma forte demanda reprimida por viagens internacionais, com o Reino Unido no topo da lista de desejos de visitantes em potencial. A pesquisa de rastreamento InternationalConsumerSentiment do VisitBritain mostrou que 70% das pessoas que entrevistamos em 14 países disseram que provavelmente farão uma viagem internacional nos próximos 12 meses e 40% disseram que definitivamente fariam uma viagem. Quase dois terços dos que desejavam viajar ainda não tinham feito a reserva ou decidido para onde ir, o que nos dá a oportunidade de influenciar a tomada de decisões, a escolha do destino e as reservas”, revelou.

Para apoiar este momento da retomada, foi criado o selo “We’regoodto go”, garantindo um  padrão do setor, parte fundamental da estratégia estratégia global do VisiBritain. “Teremos uma estratégia global para alavancar os próximos eventos e celebrações marcantes durante os próximos 18 meses para dar ainda mais motivos para visitar a Grã-Bretanha. Isso inclui a cidade oficial da cultura do Reino Unido em 2021, Coventry, com seus 12 meses de programação começando em maio. Ano que vem teremos Jubileu de Platina de Sua Majestade, a Rainha e oFestival UK 2022. Combinados, esses eventos fornecem uma plataforma robusta para impulsionar as viagens e promover a criatividade e inovação do Reino Unido”, adiantou.

CENÁRIOS DE CINEMA

Uma estratégia que é utilizada reiteradamente pelo VisitBritain é a vasta produção cinematográfica feita no território britânico. E isso está sendo feito mais uma vez com a campanha Roteiros de Cinema, que aborda produções recentes que são sucesso no mundo todo. “Temos a sorte de nosso destino possuir um fantástico setor de artes criativas, que há décadas traz produções cinematográficas e televisivas que repercutem não só no Brasil, mas em todo o mundo. Sabemos que ambos são motivadores poderosos para viagens, com quase um terço dos potenciais visitantes globais ao Reino Unido ansiosos para visitar lugares “vistos na tela”. Ao chegar, o visitante encontrará muitas opções de passeios disponíveis em locais icônicos usados como locação ou destacados no cinema e na TV”, esclareceu.

A recente série “Bridgerton” da Netflix, por exemplo traz locais luxuosos usados em Bath, Londres e Yorkshire, que podem ser facilmente visitados. Outras séries de TV recentes como “Outlander”, “The Crown” e “PeakyBlinders” também despertaram o interesse dos brasileiros. “Uma grande variedade de filmes britânicos agora disponíveis em várias plataformas de streaming nunca esteve tão acessível – desde clássicos como a série Harry Potter e o filme “Coração Valente” a lançamentos mais recentes como “DowntonAbbey: O Filme” e “A Escavação””, finalizou.

*Fonte: Mercado e Eventos

SUA EMPRESA TAMBÉM PRECISA DE UMA GESTÃO INTELIGENTE DE VIAGENS?

Entre em contato para contratar nossos serviços

Fale Conosco

PODCAST SIDEBAR BLOG 1

01 Banner 600x600px
03 Banner 600x600px
06 Banner 600x600px
Baixe nosso E book

We are using cookies to give you the best experience. You can find out more about which cookies we are using or switch them off in privacy settings.
AcceptPrivacy Settings

GDPR

  • teste

teste