Copastur lança seu primeiro mini documentário “Afroturismo: Tempo de Liberdade”3 min restante

Compartilhe este conteúdo:

A Copastur realizou o lançamento do seu mini documentário “Afroturismo: Tempo de Liberdade” no dia 10 de maio, na sede carioca da empresa. Em São Paulo também houve a estreia no dia 14 de maio, no Espaço Cultural Cine Quebrada, localizado na COHAB Juscelino Kubitschek, em Guaianases. A produção do filme foi resultado da ação educativa “Caminhada da Consciência Negra” realizada em novembro de 2021 pela Copastur, em parceria com a plataforma Guia Negro em SP e a Sou+Carioca no RJ.

No Rio de Janeiro o bate papo teve a presença de Dani Mahmud e Cosme Felippsen com mediação de Julia Farine. Já em São Paulo com Cristiane Santos, Denise Rodrigues, Hubber Clemente e mediação de Maurício Santos.

Para realizar o lançamento, contamos com parceiros para viabilizar a execução do projeto. Juntamente aos nossos fornecedores. No Rio de Janeiro, a Hotelaria Brasil contribuiu com a alimentação gerando o clima de cinema com pipoca, chocolate e refrigerante. Em São Paulo, através de parceria com a ShiftMC, disponibilizamos o serviço de transfer entre Copastur e Cine Quebrada. Já a produção audiovisual ficou por conta da RCOM nos dois estados.

Neste processo, contamos também com a ajuda de nossa área de fornecedores, que ficou responsável por realizar o contato apresentar o projeto e sugerir a parceria.

Em São Paulo, escolhemos o Cine Quebrada por acreditarmos que faria sentido reunir pessoas importantes para a realização do filme, não só para assistir o documentário, mas para confraternizar um momento que julgamos ser muito importante. Dessa forma, também foi possível contribuir com o Mauricio Santos, que é um de nossos colaboradores engajados com o tema do Afroturismo.

“Foi um café da manhã que proporcionou uma conexão entre as pessoas presentes e posteriormente ao evento, muita conversa e conexão entre todos”

Julia Souza – Líder de Diversidade e Inclusão

Com depoimentos e trechos da caminhada, o mini documentário, levanta a urgente necessidade de abordarmos a pauta racial no nosso mercado do turismo, além de instigar o interesse entre colaboradoras, clientes, fornecedores e sociedade em geral. Foram 4 meses de pós-produção, a elaboração da trilha original, criação de texto e narração, processos esses conduzidos pelo diretor do filme, Acauã Barrence.

“A intenção do filme é trazer a pauta do Afroturismo para o nosso mercado corporativo, usando nossa influência para elevar o nível de consciência dos nossos públicos a cerca do tema”

— Julia Souza – Líder de Diversidade e Inclusão

O objetivo foi trazer o ponto de vista dos convidados que são atuantes no Afroturismo, sobre o tema e principalmente como podemos contribuir com o movimento, engajando e conscientizando os participantes. Além disso, durante a produção os responsáveis tiveram a árdua missão de dar o protagonismo devido aos profissionais que realmente atuam nesse setor, usando nosso espaço no mercado de turismo apenas como um ponto para levar o que esses profissionais já fazem de maneira constante.

“Até que os leões contem as suas próprias histórias, os caçadores serão sempre os heróis das narrativas de caça.”

— Provérbio Africano.

Confira o mini documentário completo:

 

YouTube player

diversidade calendário banner

Posts Relacionados

Rolar para cima