Tailândia dá passo atrás e volta a exigir comprovante de vacinação de turistas

A Tailândia resolveu dar um passo atrás na evolução de suas políticas relacionadas á Covid-19 ao lançar novas atualizações em suas restrições de viagem para visitantes internacionais de entrada. Agora, as diretrizes oficiais da Embaixada da Tailândia afirmam que todos os passageiros de companhias aéreas com 18 anos ou mais precisam fornecer prova de que estão totalmente vacinados contra o Covid-19 ou que estão recuperados da doença nos últimos 180 dias.

Os estrangeiros que visitam países cujos requisitos podem impedir sua reentrada se testarem positivo também terão que apresentar um seguro viagem com cobertura suficiente para pelo menos US$ 10 mil em tratamento contra Covid-19 durante a estadia planejada, além de um sete dias adicionais passados na Tailândia. O seguro saúde inclusive é obrigatório para os passageiros que vão viajar da Tailândia para outro país onde um teste é exigido.

Passageiros em trânsito e portadores de passaporte tailandês estão isentos dos requisitos de vacinação e seguro viagem. As companhias aéreas serão responsáveis por garantir que os viajantes apresentem a documentação adequada antes de embarcar em voos para a Tailândia. Se um passageiro não puder fornecer comprovante de vacinação, as regras revelam que ele será submetido a um teste no aeroporto de chegada.

Fonte: Mercado&Eventos

Compartilhe este conteúdo:

Posts Relacionados

Rolar para cima