Tráfego aéreo global cresce 64% em 2022 e atinge 70% dos níveis pré-pandemia

As companhias aéreas latino-americanas, por sua vez, registraram um aumento de tráfego de 119,2% em 2022 em relação ao ano de 2021.

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata) acaba de anunciar que a retomada das viagens aéreas continuou agora em dezembro e durante todo o ano de 2022. O tráfego durante o ano passado cresceu 64,4% em comparação com 2021. Globalmente, o tráfego chegou a 68,5% dos níveis pré-pandêmicos (2019). Apenas em dezembro, o tráfego total aumentou 39,7% em relação a dezembro de 2021 e atingiu 76,9% do nível de dezembro de 2019.

O tráfego internacional, por sua vez, aumentou 152,7% em relação a 2021 e atingiu 62,2% dos níveis de 2019. Em dezembro de 2022, o tráfego internacional aumentou 80,2% em relação a dezembro de 2021, atingindo 75,1% do nível de dezembro de 2019. O tráfego doméstico, por sua vez, aumentou 10,9% em relação ao ano anterior, chegando a 79,6% do nível do ano de 2019. O tráfego doméstico de dezembro aumentou 2,6% em relação ao período do ano anterior e ficou em 79,9% do tráfego de dezembro de 2019.

imagem 01 1

“A indústria deixou 2022 de uma forma muito mais forte do que entrou, já que a maioria dos governos suspendeu as restrições de viagem do Covid-19 durante o ano e as pessoas aproveitaram a restauração de sua liberdade de viajar. Espera-se que esse impulso continue em 2023, apesar das reações exageradas de alguns governos em relação a reabertura da China”, disse Willie Walsh, diretor-geral da Iata.

As companhias aéreas latino-americanas, por sua vez, registraram um aumento de tráfego de 119,2% em 2022 em relação ao ano de 2021. A capacidade anual aumentou 93,3% e a ocupação aumentou 9,7 pontos percentuais para 82,2%, o mais alto entre as regiões. A demanda de dezembro apenas aumentou 37% em relação a dezembro de 2021. Já a demanda do mercado brasileiro cresceu 29,9%, enquanto a capacidade subiu 31,8%. Isto fez com que a taxa de ocupação recuasse a 79,2% em 2022.

Fonte: Mercado&Eventos

Compartilhe este conteúdo:

Posts Relacionados

Rolar para cima