Aeroporto de Congonhas tem novas regras para acesso de veículos

A partir da última sexta-feira (15), o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, conta com novas regras para embarque e desembarque de passageiros por meio de táxis, motoristas de aplicativos e carros de passeio. As novas regras foram divulgadas no Diário Oficial da Cidade do dia 13 de Março.

Com a mudança, os táxis de todas as categorias passarão a atender no piso superior os passageiros que deixam o aeroporto. Quem estiver chegando de táxi ao aeroporto também terá de acessar o piso superior, para desembarque em frente à área de check-in das companhias aéreas.

Os carros de passeio e motoristas de aplicativos também poderão acessar a área de embarque para deixar passageiros. Assim, a pista deve ser dividida em duas faixas, uma para quem busca passageiros no piso superior, exclusiva para táxis, e outra para que os veículos acessem ao saguão.

O piso inferior será destinado a todos os carros particulares e de aplicativos que chegam ao aeroporto sem passageiros. Neste local, os passageiros que desembarcam em Congonhas terão acesso aos carros de motoristas de aplicativos ou a veículos particulares.

Apenas cinco vagas de táxi – duas da categoria comum, duas da vermelho e branca e uma da acessível – permanecerão no piso inferior. Veículos de fretamento continuarão usando apenas o piso inferior.

Com a mudança, o número de vagas oficiais para estacionamento de táxis em Congonhas vai aumentar das atuais 50 para 96. Táxis acessíveis também terão um ponto mais próximo à área de embarque, nos arredores do Portão 1, assim como os táxis híbridos, menos poluentes.

Os táxis acessíveis que estejam nas vagas especiais só poderão pegar passageiros comuns se já houver outro veículo do mesmo tipo aguardando na fila. Isso garantirá a prioridade de atendimento para os passageiros com deficiência.

Em nota, a Secretaria de Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT) informou que as alterações são um projeto piloto para organizar o acesso ao terminal. “As alterações, realizadas em conjunto com o Departamento de Transportes Públicos (DTP) e com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), procuram tornar mais organizado o embarque e desembarque de passageiros, melhorar o fluxo de veículos nas vias de acesso ao aeroporto e as condições de trânsito na região”, diz o comunicado.

Fonte: Mercado & Eventos

SUA EMPRESA TAMBÉM PRECISA DE UMA GESTÃO INTELIGENTE DE VIAGENS?

Entre em contato para contratar nossos serviços

Fale Conosco
We are using cookies to give you the best experience. You can find out more about which cookies we are using or switch them off in privacy settings.
AcceptPrivacy Settings

GDPR

  • teste

teste