Brasil disputa título de ‘Melhor Destino Gastronômico da América do Sul 2024’

Compartilhe este conteúdo:
2 min restantes

O Brasil está na disputa pelo título de “Melhor Destino Gastronômico da América Latina 2024”, na premiação da World Travel Awards (WTA). E para que os brasileiros fortaleçam a nossa tradição culinária, a Embratur criou a campanha “Brasil for foodies”, com o objetivo de angariar apoios após a nomeação da WTA na categoria que reconhece a excelência e diversidade gastronômica de um país. Os vencedores serão escolhidos por votação online que vai desta segunda-feira (19) até 17 de abril.

A indicação da WTA leva em conta a posição de liderança da gastronomia brasileira na América do Sul, misturando um rico patrimônio cultural e as possibilidades e oportunidades oferecidas por seis biomas diferentes, com sabores, texturas e histórias próprias que colocam o Brasil em uma posição privilegiada para entusiastas da boa mesa.

“A gastronomia é um palco importante para a promoção do Brasil. E a nomeação como Melhor Destino Gastronômico da América do Sul chancela a estratégia da Embratur de investir neste segmento. Diferentemente de outros países, o grande diferencial da nossa gastronomia está na sua diversidade, e é isso que queremos mostrar para o mundo”, diz o presidente da Embratur, Marcelo Freixo.

Para a diretora de Marketing Internacional, Negócios e Sustentabilidade da Embratur, Jaqueline Gil, o prêmio contribui com o posicionamento do país. “O World Travel Awards é considerado o ‘Oscar do Turismo’, e ter o Brasil nomeado como Melhor Destino Gastronômico da América do Sul 2024 é uma conquista para todo o trade turístico brasileiro. Para conquistarmos esse título para o país precisamos do engajamento de todos. Por isso a campanha Brasil for foodies, para que as pessoas votem no Brasil”, destaca.

A coordenadora de Cultura e Gastronomia da Embratur, Ana Paula Jacques, por sua vez, lembra que a campanha Brasil for foodies é, também, “um convite para que os turistas possam conhecer e se encantar pela gastronomia brasileira”. “Em cada região, em cada bioma, em cada destino, os estrangeiros poderão conhecer o Brasil dos sabores, dos saberes tradicionais, dos mercados e feiras, dos ingredientes nativos, da cachaça, da moqueca, da picanha, do açaí, do guaraná, do café e muitos outros. Por isso somos o melhor destino gastronômico da América do Sul”, sustenta.

Restaurantes brasileiros já somam 14 estrelas no Guia Michelin, publicação especializada de renome para a gastronomia mundial. O Brasil também tem oito restaurantes entre os 50 melhores da América Latina e o 12º melhor do mundo de acordo com a lista “The World’s 50 Best Restaurants”. Além disso, conquistou dois prêmios especiais com as chefs Janaína Rueda e Manu Buffara, o de melhor chef mulher e o de restaurante mais sustentável da América Latina, com o Manu, em Curitiba (PR), respectivamente.

Fonte: Mercado&Eventos

Posts Relacionados

Rolar para cima