60% dos brasileiros já despacham bagagem de forma autônoma

Compartilhe este conteúdo:

Um levantamento feito pela Latam revelou que mais de 140 mil passageiros despacharam de forma autônoma as suas malas no Brasil, em maio, um volume recorde, em 10 aeroportos do País. Isso significa que 58% dos clientes que embarcaram nessas localidades utilizaram o serviço, um crescimento de 27 pontos percentuais na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Ou seja, seis em cada dez passageiros que despacharam malas já utilizam a tecnologia para agilizar esse processo.

A tecnologia permite que o passageiro despache a sua bagagem de forma autônoma em menos de 40 segundos através dos totens de autoatendimento dos aeroportos. Hoje, está presente nos aeroportos de Brasília, Rio de Janeiro/Galeão e São Paulo/Guarulhos, Salvador, Fortaleza, Belo Horizonte/Confins, Porto Alegre, Natal, Florianópolis e Vitória. O autoatendimento para despacho de bagagem começou a ser implantado nas operações da Latam no Brasil em dezembro de 2019.

“Os brasileiros não têm tempo a perder e estão cada vez mais interessados em serviços mais rápidos, simples e seguros. Quem despacha as malas por conta própria não perde mais tempo em filas e tem uma melhor experiência de viagem. Quando os despachos são realizados mais rapidamente, também conseguimos carregar as aeronaves com mais agilidade e garantimos mais a pontualidade dos voos”, afirma Derick Barboza, diretor de Aeroportos da Latam Brasil.

Em Guarulhos, a Latam recentemente renovou os totens de autoatendimento para despacho de bagagens. O novo modelo oferece uma experiência mais moderna, intuitiva e acessível ao cliente. Em maio, a companhia atualizou e ampliou de 15 para 21 os equipamentos instalados para este serviço no aeroporto. Ao todo, são 11 totens dedicados aos embarques internacionais e 10 para a operação doméstica.

Em Vitória, a Latam também instalou em maio a tecnologia já com o novo modelo. Em apenas um mês de funcionamento, 49% dos clientes já aderiram ao despacho autônomo de bagagens no aeroporto. Neste momento, a Latam avalia a possibilidade de instalar a tecnologia em mais seis aeroportos do Brasil até o fim de 2023.

Fonte: Mercado&Eventos

Posts Relacionados

Rolar para cima