Copastur apoia projeto “Caminhadas Negras” para recontar histórias de cidades brasileiras 

Compartilhe este conteúdo:

No último dia 11 de maio, sábado, foi realizada uma das ações do projeto “Caminhadas Negras” em São Paulo e no Rio de Janeiro, com apoio da área de Diversidade e Inclusão da Copastur. 

Em São Paulo, a caminhada teve como ponto de encontro a Praça da Liberdade e contou com a presença de 20 colaboradores da Copastur. Já, na capital fluminense, o encontro foi no VLT Parada dos Navios, no Boulevard Olímpico, e teve a participação de 6 funcionários da Copastur. 

Organizado pelo Guia Negro, plataforma de turismo e representatividade negra, o projeto tem como objetivo uma viagem pela história negra de diversas cidades do Brasil, recontando histórias que a história não contou. 

Assim, é possível, por meio de experiências turísticas, contar o que aconteceu após a abolição e mostrar o protagonismo negro em todas as regiões brasileiras, desbravando lugares, personagens e culturas, entre o passado, o presente e o futuro. 

caminhadas negras

Pelo segundo ano, o projeto tem o incentivo da Copastur que tem desenvolvido ações em prol do afroturismo. “Nosso apoio à ação não só reafirma nosso compromisso com a promoção da diversidade, equidade e inclusão no mercado de turismo, mas também oferece as nossas pessoas colaboradoras a oportunidade de vivenciar essa experiência transformadora que é fazer parte da reconstrução das histórias dos nossos territórios. Para nós, não é só um apoio, mas sim colocar nossas pessoas como parte da mudança”, afirma Julia Souza, supervisora de Diversidade e inclusão da Copastur. 

Em 2022, a empresa também lançou o seu minidocumentário “Afroturismo: Tempo de Liberdade”. A produção foi resultado da ação educativa “Caminhada da Consciência Negra”, realizada em novembro de 2021 pela Copastur com a plataforma Guia Negro em SP e a Sou+Carioca no RJ. O filme levanta a urgente necessidade de abordarmos a pauta racial no mercado do turismo, além de instigar o interesse entre colaboradoras, clientes, fornecedores e sociedade em geral. Assista aqui! 

30 cidades recebem o projeto “Caminhadas Negras” 

Neste ano, a ação se estendeu por cerca de 30 cidades do nosso país ao longo de maio, o mês que marca a abolição da escravatura. Vale lembrar que a abolição foi assinada em 13 de maio de 1888.  

Iniciado no ano passado, o projeto começou a ampliar o número de cidades que recebem as “Caminhadas Negras”. Rio Branco, Florianópolis e Santos participam pela primeira vez. 

Confira a lista dos locais com a ação “Caminhadas Negras”: 

1 – Porto Alegre – Museu do Percurso do Negro – 11/05 (cancelada devido a catástrofe climática) 

2 – Curitiba – Linha Preta – 11/05 

3 – Florianópolis – Monte Serrat 11/05 

4 – São Paulo – Caminhada São Paulo Negra 11/05 

5 – Campinas (SP) – Rotas Afro 25/05 

6 – Santos – Caminhada Quilombos Históricos de Santos (SP) – 18/05 

7 – Salto de Pirapora (SP) – Festa Santa Cruz no Quilombo Cafundó– 25/05 

8 – Rio de Janeiro – Pequena África – 11/05 

9 – Belo Horizonte – Caminhada Belos Horizontes Negros – 11/05 

10 – Juiz de Fora (MG) – Caminhada Juiz de Fora Negra – 11/05 

11 – Ouro Preto (MG) – Minas du Veloso e as histórias de Chico Rei – 11/05 

12 – Vitória – Caminhada Vitória Negra – 11/05 

13 – Salvador – Caminhada Salvador Negra – 11/05 

14 – Santo Amaro (BA) – Caminhada Santo Amaro Negra e o presente do Bembê do Mercado – 19/05 

15 – Boipeba (BA) – Caminhada Boipeba Roots – 18/05 

16 – Aracaju – Caminhada Aracaju Negra – 11/05 

17 – Maceió – Caminhada Maceió Negra – 18/05 

18 – Recife – Caminhada Recife Negra – 18/05 

19 – Olinda (PE) – Caminhada Olinda Negra – 18/05 

20 – João Pessoa – Caminhada Jampa Negra – 11/05 

21 – São Luís – Caminho Ancestral – 11/05 

22 – Macapá – Caminhada Macapá Negra – 18/05 

23 – Manaus – Caminhada Manaus Negra – 11/05 

24 – Belém – Caminhada Belém Negra – 18/05 

25 – Rio Branco – Caminhada Rio Branco Negra – 18/05 

26 – Poconé (MT) – Caminhada Poconé Negra – 25/05 

27 – Brasília – Brasília Negra – 11/05 

28 – Corumbá (MS) – Corumbá de Bela Oya – 25/05 

29 – Campo Grande – Campo Grande de Tia Eva – 11/05 

Conheça mais sobre as “Caminhadas Negras” 

Para saber mais sobre a plataforma Guia Negro, os conteúdos sobre afroturismo e as experiências oferecidas, acesse aqui

Fique por dentro! 

Ouça também o podcast da Copastur sobre Afroturismo

Assista ao nosso minidocumentário “Afroturismo: Tempo de Liberdade” 

diversidade calendário banner

Posts Relacionados

Rolar para cima