Procura por viagens ao Japão cresce 135% após anúncio de isenção de vistos, diz pesquisa

Os governos do Brasil e do Japão chegaram a um entendimento para a isenção recíproca de vistos de visita para portadores de passaporte comum que viajem por período de até 90 dias. A partir do dia 30 de setembro deste ano, os turistas brasileiros e japoneses terão um motivo para comemorar na hora de planejar suas viagens. E um recente levantamento do Kayak revelou que a busca por passagens para o país aumentou 135% no Brasil.

A capital japonesa, Tóquio, é uma das mais populares do país asiático e conquistou o primeiro lugar no ranking das mais buscadas. A cidade demonstrou um aumento de 134,5% nas buscas em relação a 2022 e possui o menor valor de preço médio entre as cidades mais buscadas, com passagens custando R$ 6.129,00, contribuindo para o apelo de Tóquio como um destino bastante desejado pelos brasileiros.

Osaka, que ocupa o segundo lugar das cidades mais buscadas, teve uma melhora ainda maior com um impressionante aumento de 135,69% nas buscas em relação ao ano passado. Porém, com o preço médio das passagens custando R$ 7.007,00, a cidade teve o valor mais alto entre as cidades listadas.

Em terceiro lugar no ranking, Nagoya também teve um bom aumento no volume de buscas comparado ao ano passado: 31,54%. O preço médio das passagens para viajar à cidade custa R$ 6.722,00, tornando-se uma opção atraente para os viajantes que desejam mergulhar na cultura e beleza do Japão.

“Após a liberação de vistos entre o Brasil e o Japão, já podemos ver um aumento de buscas por passagens para aquele país pelos brasileiros. A perspectiva de viajar pelo Pacífico é mais empolgante do que nunca, facilitando trocas culturais ricas e experiências inesquecíveis para todos os tipos de viajantes, demonstrando que ações simples do Governo podem impulsionar toda a cadeia do turismo”, comenta Gustavo Vedovato, Country Manager do Kayak no Brasil.

Fonte: Mercado & Eventos

Compartilhe este conteúdo:

Posts Relacionados

Rolar para cima