Exigência de visto para turistas de EUA, Canadá e Austrália é adiada para janeiro de 2024

A obrigatoriedade do visto para o ingresso no Brasil de visitantes portadores de passaporte dos Estados Unidos, Canadá e Austrália foi adiada para o dia 10 de janeiro de 2024. Até então, a medida estava prevista para vigorar a partir de 1º de outubro. A Embratur já iniciou uma estratégia de comunicação com as companhias aéreas e operadores de turismo dos três países para informar os detalhes sobre o retorno da cobrança de visto, que será 100% digital.

“A Embratur atua com seus parceiros nesses três países para divulgar o adiamento do início da cobrança do visto, e demonstrar como será fácil e rápido emitir o documento, para quem nos visitar a partir do dia 10 de janeiro. Estamos nos comunicando com as empresas de cruzeiros, companhias aéreas, grandes operadores e agências de viagens, para que a informação seja ampla e chegue para quem já comprou sua viagem e quem planeja visitar o Brasil”, destaca Marcelo Freixo, presidente da Embratur.

Nos EUA, a Embratur oficializou em junho o retorno ao quadro de membros da Associação de Operadoras de Turismo dos Estados Unidos (Ustoa), após quatro anos de afastamento. Através da entidade, a Agência se comunica com o trade turístico norteamericano. No Canadá e Austrália, a estratégia também é informar o trade e companhias aéreas que comercializam pacotes e passagens para o Brasil.

Na participação da Conferência da Ustoa, em Los Angeles, no dia 2 de dezembro, a agência vai reforçar a comunicação quanto à facilidade de emissão do visto, através de um questionário simplificado pela internet. “Neste ano, reforçamos nossa campanha de publicidade nos EUA, estendendo o prazo de exibição. Estamos atuando com diversas ferramentas de promoção, de forma estratégica, para garantir maior competitividade dos destinos brasileiros no mercado americano, tão importante emissor de turistas”, disse Freixo.

A emissão do visto é de responsabilidade do Ministério das Relações Exteriores, que colocou as embaixadas e consulados do Brasil nos três países para esclarecimento de dúvidas. A divulgação do link para emissão do visto será feita imediatamente após o início do serviço.

JAPÃO

Inicialmente na lista dos países em que haveria o retorno da obrigatoriedade do visto, o Japão chegou a um acordo com o governo brasileiro para isenção recíproca da necessidade de visto de visita para estadias de curta duração, até 90 dias. O entendimento foi celebrado no mês passado.

Fonte: Mercado & Eventos

Compartilhe este conteúdo:

Posts Relacionados

Rolar para cima