Evento Corporativo — Conheça 5 Tipos de Eventos Que sua Empresa Pode Oferecer

Copastur banner

Quem não trabalha diretamente com marketing e RH pode até ficar surpreso em saber que existem vários tipos de eventos que uma empresa pode organizar para se fortalecer junto aos colaboradores. 

Se isso é novidade para você, fique atento! No post de hoje, vamos apresentar cinco tipos de eventos corporativos e o que você precisa para organizar cada um deles. Boa leitura!

Mas afinal, o que é um evento corporativo?

Existem diversos tipos de eventos corporativos no mercado. Esses encontros de funcionários e/ou clientes têm como objetivo incentivar os colaboradores de uma empresa a aumentarem a produtividade e se comprometerem com o trabalho. Já para clientes ou parceiros, é ideal para conhecimento da empresa e estreitamento de laços. 

Assim, é uma forma de quebrar a rotina da empresa, gerar interação, reter conhecimento e criar uma aproximação.

Empresas de eventos, devo contratar?

Com o aumento do segmento corporativo nos últimos anos, cresce também os tipos de empresas de eventos disponíveis no mercado.

Elas são responsáveis por fazerem a ligação e a gestão entre os prestadores de serviços (espaços para locação, bufês, empresas de áudio e vídeo, entre outros) e os clientes. A elas cabe a tarefa de receber o escopo de trabalho do cliente, planejar, prestar consultoria e contratar aquilo que se encaixa tanto no pedido, quanto na verba disponível. 

Muitas vezes é vantajosa a contratação de uma empresa especializada, pois evita erros organizacionais e torna o evento mais assertivo, oferecendo uma grande oportunidade para criar uma ótima imagem.

Com a ascensão digital, um evento bem organizado pode gerar uma ótima repercussão e oportunidade de engajamento com a marca. 

5 tipos de eventos para empresas

Conheça agora a lista que preparamos para você com cinco tipos de eventos corporativos para empresas e seus objetivos:

1. Confraternização

A confraternização é o tipo de evento interno mais conhecido e também o mais praticado pelas empresas. Trata-se de um momento com propósito básico de integração. De maneira geral, a empresa leva os colaboradores a um local diferente, afastando-os do ambiente de trabalho para que possam se divertir e se conhecer de maneira mais informal.

É um bom formato para fortalecer a união da equipe e dissipar eventuais conflitos que surgem devido à pressão do escritório. Ao mesmo tempo, é preciso tomar cuidado para que a liberdade dessa situação não leve os colaboradores a agir de maneira inadequada. Do contrário, ao voltar à rotina de trabalho, vão aparecer algumas “saias justas”.

Os elementos básicos para uma boa confraternização são:

  • o local adequado, que pode variar conforme o perfil dos colaboradores: uma chácara ou um buffet, por exemplo;
  • música;
  • comida e bebida: com especial atenção à questão de servir bebidas alcoólicas ou não;
  • atividades recreativas: como jogos, esportes, karaokê e amigo secreto.

2. Evento de lançamento

Os eventos de lançamento, como o nome já diz, são focados no lançamento de determinado produto.

Tal evento pode ocorrer na forma de um coquetel, live, show, ativação, dentre outros formatos.

Com esse tipo de evento é possível, ao mesmo tempo, chamar atenção internamente para o novo produto lançado, além de reunir possíveis clientes, investidores e a sociedade em geral.

 

Ebook Guia de eventos corporativos

3. Palestra

A palestra é um evento que pode ter dois objetivos diferentes: motivar ou informar. 

A escolha de uma ou outra deve levar em consideração o que sua equipe precisa no momento. Tenha em mente que isso vai alterar a escolha do palestrante.

Para organizar uma palestra, é preciso de:

  • um local adequado, que possa acomodar todos os participantes sentados, com espaço para possíveis dinâmicas e interações em pé, além de uma boa acústica;
  • o palestrante, cuja fala deve estar alinhada com a cultura da empresa. Cuidado para não contratar um palestrante que vai contradizer os valores e práticas da organização.

4. Workshop

O workshop tem mais ou menos as mesmas funções da palestra, porém, com um elemento distinto: a participação ativa da sua equipe. 

É um dos tipos de eventos mais interativos, pois, enquanto aprendem, os colaboradores aplicam esse conhecimento na prática. Pode ser uma boa alternativa para promover um momento de relaxamento para aquelas equipes que trabalham sob alta pressão.

E aqui vai um ponto interessante: o workshop nem sequer precisa estar relacionado ao trabalho. Se a intenção é aliviar o nível de estresse dos colaboradores, é até melhor que ele seja de outro tema completamente diferente, mas que tenha reflexo na rotina de trabalho dos colaboradores.

Para organizar o workshop, você precisa providenciar:

  • o espaço — pode ser na própria empresa, desde que tenha as condições necessárias para abrigar a atividade que será desenvolvida;
  • o responsável por ministrar o workshop;
  • os materiais necessários para que sua equipe possa realizar as práticas propostas.

5. Visita à empresa

Um evento externo, como a organização de visitas à empresa, também pode ser uma forma de fortalecer a imagem do empreendimento junto aos colaboradores. Muitos funcionários — especialmente em cargos operacionais — não têm uma perspectiva clara do que a empresa faz e de como ela se relaciona com os clientes.

Ao trazer esses clientes para dentro dela, o colaborador passa a ter consciência da importância do seu próprio trabalho e do que significa fazer parte dessa organização. Porém, ao mesmo tempo, um evento desse tipo exige uma organização impecável. Afinal de contas, o cliente está envolvido.

Portanto, tudo que acontece durante a visita também impacta a imagem que ele tem da sua empresa. Imagine o que poderia acontecer se, durante uma visita de clientes a uma fábrica, um dos operários sofresse um acidente de trabalho? Isso poderia afetar negativamente sua posição no mercado.

Tendo isso em vista, para realizar um evento desse tipo, é preciso garantir que:

  • todos os colaboradores estejam trajados adequadamente e, se for o caso, usando os EPIs (embora, é claro, isso deva acontecer independentemente da visita);
  • os espaços de trabalho estejam limpos e organizados;
  • a equipe esteja trabalhando de maneira eficiente, para transmitir segurança aos clientes.

Não se esqueça de que os elementos apontados para organizar cada evento são apenas o mínimo necessário. Ou seja, um bom evento corporativo precisa de muitos outros detalhes, como: 

O que você achou dos cinco tipos de eventos para empresas que apresentamos neste post? Esse é apenas o começo de uma lista bem maior — para saber tudo sobre, veja este guia completo para logística de comemorações empresariais.  

Seja qual for o formato que você pretende fazer, tenha em mente que ele vai se refletir na imagem da sua organização — diante dos colaboradores, dos clientes, dos fornecedores e dos acionistas. 

Por esse motivo, é importante conhecer maneiras de garantir o sucesso de qualquer evento. Leia mais posts como este no blog da Copastur!

SUA EMPRESA TAMBÉM PRECISA DE UMA GESTÃO INTELIGENTE DE VIAGENS?

Entre em contato para contratar nossos serviços

Fale Conosco
We are using cookies to give you the best experience. You can find out more about which cookies we are using or switch them off in privacy settings.
AcceptPrivacy Settings

GDPR

  • teste

teste