Tráfego aéreo global segue tendência de alta em agosto e atinge 96% dos níveis pré-pandemia

A tendência de alta do tráfego aéreo de passageiros pós-pandemia seguiu forte em agosto. O tráfego total no período cresceu 28,4% em comparação com agosto de 2022. Globalmente, o tráfego está agora em 95,7% dos níveis pré-pandemia.

No caso do tráfego doméstico, a alta foi de 25,4% em relação a agosto de 2022, 9,2% acima dos resultados de agosto de 2019, influenciado, em grande parte, pela China. Já o tráfego internacional subiu 30,4% em relação ao mesmo mês do ano anterior, com ganhos percentuais de dois dígitos em todos os mercados, atingindo 88,5% dos níveis de agosto de 2019.

No caso das companhias aéreas latino-americanas, o tráfego aumentou 26,4% em comparação com o mesmo mês de 2022. A capacidade em agosto aumentou 23,8% e a taxa de ocupação aumentou 1,7 pontos percentuais, para 86,1%. No caso apenas do mercado brasileiro, o tráfego cresceu 7,8%, enquanto a capacidade subiu 5,8%. Isto fez com que a taxa de ocupação também crescesse 1.8 pontos percentuais, chegando a 83,1%.

 

Tráfego aéreo dividido por regiões

“A demanda por viagens aéreas teve um bom desempenho em agosto. No acumulado do ano, o tráfego internacional aumentou 50% em relação ao ano passado e os dados de vendas de bilhetes mostram um fortalecimento das reservas internacionais para viagens na última parte do ano”, disse Willie Walsh, diretor geral da Iata.

Fonte: Mercado & Eventos

Compartilhe este conteúdo:

Posts Relacionados

Rolar para cima