Entenda a Importância do Gás Natural Para a Economia e o Meio Ambiente

A importância do gás natural para a economia e o meio ambiente é inegável e de conhecimento de todos. Esse combustível, que é bastante versátil, pode ser usado nos transportes, nas indústrias e, até mesmo, nas residências para garantir o cozimento dos alimentos (na forma de GLP).

Atualmente, ele é considerado umas das energias disponíveis mais eficientes e limpas. Vale a pena conhecer melhor as vantagens do gás natural, de acordo com vários estudos. Confira!

Qual é a importância do gás natural para a economia?

Primeiramente, é interessante entender do que se trata o gás natural. Esse produto é formado por hidrocarbonetos leves, de metano a pentano. Em outras palavras, é uma parte da extração do petróleo, portanto, de origem fóssil e não renovável.

Ele é extraído de rochas profundas e submetido a condições específicas de temperatura e pressão para se torne um gás comercial.

De acordo com estudo da Universidade Federal do Rio de Janeiro, a importância do gás natural começa pela versatilidade. O combustível pode substituir os derivados do petróleo, com exceção do querosene usado para aviões a jato.

Nos dias atuais, a matéria-prima é usada na indústria petroquímica, para a produção de solventes, como redutor siderúrgico e muito mais. Essa utilização em larga escala é possível porque o gás natural é um combustível que queima completamente, sem deixar resíduos.

Além disso, ele pode ser usado em áreas nas quais o óleo combustível poderia comprometer a qualidade da produção, como na indústria de porcelanas finas.

Sem contar que o gás natural não requer gastos com sistemas antipoluentes, apenas um baixo investimento de armazenagem, pois não precisa ser estocado.

Há vantagens para o meio ambiente?

Outro aspecto que aumenta a importância do gás natural é ele também ser interessante para o meio ambiente — e não apenas para a economia. Em uma época em que a preocupação com o futuro é tão grande, contar com matérias que geram menos danos é essencial.

Por realizar a combustão completa, o gás emite bem menos poluentes para a atmosfera e, assim, contribui menos para o efeito estufa, se comparado ao carvão e o petróleo. Esse combustível também tem densidade menor que a do ar, o que facilita a dispersão em caso de vazamentos.

Quer saber mais sobre esse assunto? Acompanhe os artigos da Copastur!

copastur banner simulador economia

SUA EMPRESA TAMBÉM PRECISA DE UMA GESTÃO INTELIGENTE DE VIAGENS?

Entre em contato para contratar nossos serviços

Fale Conosco
We are using cookies to give you the best experience. You can find out more about which cookies we are using or switch them off in privacy settings.
AcceptPrivacy Settings

GDPR

  • teste

teste