Cadeia do Gás Natural — Como Funciona a Produção no Brasil?

A cadeia do gás natural é muito importante para a economia, pois essa substância pode ser usada para a geração de energia nas indústrias, no comércio e até nas residências. A vantagem dessa fonte é a baixa emissão de poluentes.

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente dar o play abaixo ou fazer o download para ouvir offline!

No Brasil, grande parte do gás natural está associado ao petróleo. Entenda melhor como funciona a produção no país!

Onde começa a cadeia do gás natural?

O gás natural está presente nos reservatórios de petróleo, dissolvido ou não em óleo. Ele é encontrado em campos marítimos ou terrestres. Isso explica porque, muitas vezes, a cadeia do gás natural começa com a produção de petróleo.

Antes de mais nada, é necessário fazer estudos para localizar onde tem a substância, por meio de perfurações e avaliações. Depois que é feita a descoberta, a próxima etapa é a da instalação de estruturas de produção.

No mar, as plataformas extraem e preparam o gás natural. A substância segue, então, para as unidades de processamento. Nesses locais, o gás é convertido em matéria-prima para diferentes tipos de indústrias, além de ser tratado para que possa ser vendido.

O próximo passo é enviar o gás processado para as distribuidoras locais, que são as responsáveis pela venda dele tanto para as indústrias, quanto para os comércios e residências.

Como está a produção de gás natural no Brasil?

Atualmente, 69,5% da produção de gás natural de óleo no Brasil provém da camada de pré-sal. Em abril de 2020, houve um aumento de 31,2% com relação ao mesmo período do ano anterior.

Segundo a Agência Nacional de Petróleo, foi extraído do pré-sal 86 milhões de metros cúbicos da substância. No total, a cadeia de gás natural começa a ocorrer em 295 áreas de regime de concessão, duas de cessão onerosa e cinco em regime de partilha.

O maior campo de captação de gás natural é o Lula e fica em Santos – São Paulo. Sozinho, ele está na 21º produção mundial. O segundo maior produtor está em Búzios, no estado do Rio de Janeiro.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, o Brasil paralisou a produção em 17 campos terrestres e 21 marítimos, sendo que nestes foram afetadas as atividades de 66 instalações.

Quer entender melhor como funciona o setor de offshore no Brasil? Confira outros conteúdos da Copastur!

copastur banner simulador economia

SUA EMPRESA TAMBÉM PRECISA DE UMA GESTÃO INTELIGENTE DE VIAGENS?

Entre em contato para contratar nossos serviços

Fale Conosco
We are using cookies to give you the best experience. You can find out more about which cookies we are using or switch them off in privacy settings.
AcceptPrivacy Settings

GDPR

  • teste

teste