Descubra como otimizar as operações offshore da sua empresa 

Compartilhe este conteúdo:
7 min restantes

As operações offshore são uma parte essencial das atividades em empresas de petróleo e gás, assim como dos parques eólicos marítimos. Por se tratar de um segmento complexo, com inúmeras tarefas relacionadas à exploração e produção de recursos naturais, tais processos exigem profissionais especializados e serviços otimizados. 

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente dar o play abaixo ou fazer o download para ouvir offline!

É importante destacar que essas operações ocorrem longe da costa e precisam lidar com a troca de tripulação a cada 14 ou 21 dias para manter tudo em pleno funcionamento.  

Sem contar que esses funcionários precisam estar treinados e certificados de acordo com as legislações e as normas regulamentadoras para gerenciar de modo adequado os riscos do trabalho em alto-mar, evitando acidentes. 

Oportunidades de operações offshore pelo mundo 

As plataformas petroleiras e/ou eólicas estão espalhadas no litoral de diversos países pelo mundo, incluindo o Brasil. Nelas, estão alocadas profissionais de diferentes nacionalidades e especialidades trabalhando juntos para que o processo de extração de petróleo, de gás ou da geração de energia por vento seja o mais eficiente possível. 

Para quem pensa que essas atividades não têm mais como crescer, ainda há muito potencial por vir! Além dos locais inexplorados ao redor do globo, cada vez mais surgem inovações para auxiliar na extração limpa de energia, mesmo em plataformas offshore. 

Para se ter uma ideia, está a todo vapor uma corrida por novas reservas de petróleo descobertas na América Latina. Segundo previsão da Wood Mackenzie Consultoria, as sete maiores petroleiras do setor devem investir de US$ 10 bilhões a US$ 12 bilhões por ano até 2029 na região. 

Por isso, as organizações do setor, que buscam aumentar a produtividade, desempenho e, consequentemente, o lucro, precisam concentrar seus esforços em melhorar e evoluir as operações offshore. 

Leitura recomendada: Qual é a importância da logística no apoio às atividades de offshore? 

Mas o que são as operações offshore? 

Basicamente, as operações offshore envolvem todas as atividades que ocorrem nas empresas de petróleo, gás e energia em alto-mar. Tais ações englobam desde o transporte de produtos e serviços para as plataformas, até a manutenção de estruturas. 

Outros procedimentos frequentes das operações são: 

  • Transporte de cargas e de suprimentos; 
  • Armazenamento de produtos e suprimentos; 
  • Deslocamento das equipes; 
  • Entre outros. 

O grande desafio é gerenciar e executar corretamente todas essas demandas com qualidade, uma vez que as empresas exigem um alto nível de qualidade nestes serviços, seguindo cuidados e protocolos rígidos. Além disso, é necessário cumprir as diversas legislações e requisitos de segurança

Por essas e outras, a logística precisa estar bem alinhada para servir de apoio à gestão e às operações offshore. Assim, é possível garantir que todos os processos ocorram de forma coordenada, com bom planejamento e rigor na execução. 

Quais são os principais tipos de logística offshore? 

De maneira prática, podemos dividir a logística de operações offshore em 3 tipos: 

Logística de pessoas: é responsável pela movimentação de pessoas e o transporte seguro entre o continente e as plataformas marítimas. Essa operação pode ser realizada por helicóptero ou outros modais que garantam a proteção dos envolvidos. 

Saiba mais: Logística de pessoal: Guia completo para profissionais offshore 

Logística de serviços: se refere à prestação de serviços especializados no apoio offshore, como por exemplo, movimentação de âncoras, combate a incêndios, manutenção ou até vazamentos de óleo. Normalmente, essa operação acontece por meio de embarcações que fazem atendimento às unidades e plataformas. 

Logística de cargas: possivelmente, esta é a operação mais ampla, já que a logística de cargas representa a movimentação de inúmeros tipos de carga, seja para consumo, manutenção ou produção, além de materiais e ferramentas. Pode ser separada em: 

  • Carga geral: tubos, ferramentas, equipamentos submarinos, produtos químicos, entre outros; 
  • Granéis sólidos e líquidos: cimento, baritina, fluido de poços, água etc.; 
  • Óleo diesel; 
  • Carga de regresso, ou backload: lixo, resíduos químicos, tubos usados, tanques vazios e sucata. 

Riscos das operações offshore 

Para garantir a segurança das operações offshore, não se pode esquecer de identificar os riscos existentes para minimizar a ocorrência de problemas. Veja as principais circunstâncias perigosas: 

1. Condições climáticas adversas 

Diversos fatores climáticos podem afetar as operações, como por exemplo, direção dos ventos, tempestades, ondas e correntes marítimas, que podem ampliar os efeitos do balanço da plataforma. A luz do sol também pode atrapalhar a visibilidade do operador, gerando riscos. 

2. Distâncias extensas 

As instalações e plataformas offshore podem estar localizadas a grandes distâncias da costa. Com isso, tanto o acesso às unidades, como a mobilização de recursos para realizar operações, se tornam mais complexos e desafiadores. 

3. Regulamentações rigorosas 

Além da NR-37, que aborda a Segurança e Saúde em Plataformas de Petróleo no Brasil, existem diversas regulamentações internacionais relacionadas às operações offshore. O que exige uma série de cursos dos profissionais para estarem atualizados e alinhados com as melhores práticas. 

Sem contar que a Organização Marítima Consultiva Internacional (IMCO) também tem regras específicas para cargas perigosas. O que demanda maior robustez, eficiência e segurança nas operações. 

Como ter uma operação offshore eficiente e segura 

Fica claro que ter processos logísticos eficientes e bem conectados é fundamental para as empresas do setor, inclusive, para reduzir o risco de prejuízos. Assim, com as operações funcionando plenamente, é possível assegurar benefícios, como: 

  • Diminuição das preocupações de gestores; 
  • Redução de interrupções na produção ou de atrasos em cronogramas de perfuração de poços; 
  • Entregas com excelência; 
  • Melhoria no cumprimento de prazos; 
  • Redução de impactos ambientais causados pelas operações. 

Entre as boas práticas para atingir todos estes objetivos, podemos citar: 

Treinamentos da equipe em dia 

Os cursos e certificações da tripulação devem ser realizados com frequência para que todos saibam dos procedimentos corretos e seguros durante as operações offshore. 

Leia também: Troca de tripulação: Como ter sucesso na gestão offshore 

Gestão integrada com a cadeia de suprimentos 

Para que as cargas necessárias cheguem às plataformas na data exata, a comunicação com a área de suprimentos deve ser totalmente integrada. Desse modo, os pedidos de materiais também podem ocorrer de forma automática, quando o estoque estiver acabando. 

Gestão de incidentes 

Problemas e ocorrências podem acontecer mesmo que se tomem todas as medidas preventivas cabíveis. Por isso, faça um gerenciamento dos incidentes, conduzindo investigações e identificando os motivos das causas. 

Como a Copastur pode ajudar nas operações offshore da sua empresa 

A Copastur Energy, marca  exclusiva da Copastur para empresas do setor offshore e energia, realiza todas as operações de planejamento e logística offshore. O que envolve a elaboração de escalas de embarque e desembarque, a compra de passagens aéreas (ou rodoviárias), o levantamento dos hotéis parceiros, com localização estratégica para hospedar quem trabalha embarcado e muito mais.  

Tudo é feito de acordo com o perfil e as necessidades da sua organização. Todos os procedimentos ocorrem de modo centralizado, facilitando o controle das operações e garantindo maior eficiência, e contam com atendimento humanizado e experiência técnica. Dessa forma, garantimos: 

  • Eficiência e rapidez nas operações; 
  • Apoio logístico aos tripulantes; 
  • Maior segurança nos processos; 
  • Muito mais. 

Precisa de apoio para suas operações offshore? Conheça a Copastur Energy! Entre em contato agora mesmo com nossos especialistas e veja como funciona

Posts Relacionados

Rolar para cima