Por que investir em programas de incentivo corporativo?

Copastur bannerPowered by Rock Convert

Sobre programa de incentivo corporativo, a maioria das pessoas costuma ter uma mesma definição em mente: é uma maneira de motivar colaboradores. No entanto, por mais que essa conceituação esteja certa, reflete apenas uma pequena parte da realidade.

Sabia que existem várias outras questões por trás da motivação que justificam o investimento nesse tipo de programa? Acompanhe o post de hoje para entender essas questões mais a fundo!

Produtividade

Pode acreditar: um programa de incentivo corporativo tem um enorme potencial para alavancar a produtividade da equipe. E a maneira como isso acontece não é simplesmente pela motivação, viu?

Imagine, por exemplo, que o programa do seu negócio envolva viagens de incentivo, que oferecem uma oportunidade única para que o colaborador se afaste um pouco do ambiente do escritório, quebrando sua rotina. Alguma dúvida de que, nesse contexto, o nível de estresse diminui? Assim, ao retornar para suas atividades costumeiras, o profissional terá muito mais disposição e energia para trabalhar!

Essencialmente, portanto, os programas de incentivo podem ser empregados como elementos para manter a saúde física e mental dos colaboradores diante das exigências do trabalho. Apostando nessa estratégia, portanto, você evita que sua equipe sofra do chamado burnout, uma exaustão mental e emocional que acaba com a produtividade.

Competência

Mais ou menos na mesma linha de raciocínio do tópico anterior, podemos afirmar que os programas de incentivo corporativo também atuam para aumentar a competência dos membros da sua equipe. Quer entender como isso acontece?

De maneira geral, todo programa de incentivo tem suas regras, seus critérios. Assim, o profissional precisa atingir determinados parâmetros para ser contemplado. A fim de alcançar essas metas, colaboradores com perfil mais proativo correm atrás de formas para aprimorar seu trabalho, aumentando sua competência profissional de forma espontânea, sem que a empresa precise intervir com treinamentos e cursos.

É claro que esse processo não vai necessariamente acontecer com todos os colaboradores. Como dissemos, apenas aqueles realmente proativos vão querer andar um passo a mais, aprendendo continuamente para obter os benefícios do programa de incentivo. Enquanto isso, outros possivelmente se acomodarão, pensando que tais benefícios não compensam o esforço extra — típicos colaboradores que só querem bater ponto e ir para casa.

Ao contrário do que você pode imaginar, isso também é positivo! Na prática, o programa de incentivo traz uma oportunidade de ouro para identificar quais são aqueles colaboradores com alto potencial de crescimento e quais apresentam uma tendência natural à inércia. Assim, o gestor saberá em qual grupo focar sua atenção no futuro para possíveis promoções.

Metas

Na prática, nem todos os colaboradores são abertos a perseguir metas agressivas. Existe até uma certa cultura em torno disso, com o profissional entendendo que o fato de a empresa atingir ou não essas metas mais ambiciosas não o afetará pessoalmente. Assim, ele não se engaja totalmente. E é claro que isso prejudica os resultados.

Por outro lado, quando a empresa investe em programas de incentivo corporativo vinculados a essas metas, cria um elo direto entre o colaborador e os resultados globais do negócio. Nesse contexto, a equipe tem razões concretas e imediatas para se dedicar completamente ao sucesso da empresa!

Economia

Você já parou para pensar em quanto dinheiro uma empresa gasta graças ao turnover de seus colaboradores? Essencialmente, toda vez que um membro da equipe pede seu desligamento, o negócio:

  • gasta com o processo de rescisão;
  • gasta com a seleção de um novo profissional para preencher a vaga em aberto;
  • gasta com o treinamento desse novo profissional;
  • gasta ainda mais se não acertar na contratação.

Isso sem mencionar as eventuais perdas de dinheiro que podem acontecer no meio no caminho! Se um vendedor pede seu desligamento e as negociações que ele estava conduzindo regridem, por exemplo, a empresa efetivamente perde receita. Aliás, pode até perder clientes!

Entenda de uma vez por todas: assim como é financeiramente mais interessante manter um cliente antigo que conquistar um novo, o mesmo acontece com a retenção de colaboradores! Em outras palavras: é mais econômico nutrir e desenvolver sua equipe que formar uma completamente nova. E é aí que entram os programas de incentivo corporativo!

Esses programas aumentam a chance dos colaboradores se sentirem satisfeitos dentro da empresa e, por isso, permanecerem por lá. É claro, porém, que o programa de incentivo não deve ser o único elemento responsável por manter a equipe sólida.

Um bom ambiente de trabalho e boas oportunidades de crescimento também são absolutamente essenciais. No entanto, se você já tiver assegurado esses aspectos básicos na relação entre empresa e colaborador, o programa de incentivo chega como a cereja no bolo!

Cultura

Talvez um dos benefícios menos reconhecidos da implementação dos programas de incentivo corporativo seja o reforço de uma cultura organizacional baseada na meritocracia.

Como dissemos, esses programas funcionam com base em uma dinâmica em que o colaborador deve atingir determinados parâmetros para receber o reconhecimento e, claro, a recompensa. A mensagem passada é de compromisso com um tratamento justo a todos os colaboradores, proporcionando condições para que qualquer um consiga crescer e conquistar oportunidades, já que o único critério é o desempenho.

Essa mensagem é muito poderosa e positiva, contrapondo-se à antiga percepção de que o sucesso profissional dentro das empresas é um jogo de cartas marcadas. Essa percepção, aliás, é a grande responsável pela falta de interesse de muitos profissionais em efetivamente ajudar o negócio a crescer.

Assim, ao investir em programas de incentivo corporativo, você não está simplesmente motivando a equipe, mas também está destacando sua empresa como uma organização séria e ajudando a quebrar uma dinâmica de relacionamento antiga e negativa entre funcionários e empregador.

Como você pode ver, os programas de incentivo corporativo vão muito além da questão da motivação. Na verdade, essa estratégia envolve desde benefícios financeiros até a própria imagem da empresa. Esse é, portanto, um investimento com retorno garantido para todas as partes envolvidas!

Por fim, se você achou este conteúdo útil e interessante, que tal compartilhá-lo em suas redes sociais? Direta ou indiretamente, você pode ajudar mais empresas a dedicar atenção a essa importante prática!

SUA EMPRESA TAMBÉM PRECISA DE UMA GESTÃO INTELIGENTE DE VIAGENS?

Entre em contato para contratar nossos serviços

Fale Conosco
We are using cookies to give you the best experience. You can find out more about which cookies we are using or switch them off in privacy settings.
AcceptPrivacy Settings

GDPR

  • teste

teste