Campanha de incentivo de vendas: guia de como criar e 10 exemplos para se inspirar

Compartilhe este conteúdo:

A campanha de incentivo de vendas é uma peça fundamental para estimular o desempenho e a motivação das equipes comerciais. Essas iniciativas não apenas impulsionam as vendas, mas também fortalecem o engajamento dos funcionários, criam um senso de competição saudável e reforçam os objetivos organizacionais. 

Ao oferecer prêmios e reconhecimento aos colaboradores que alcançam metas estabelecidas, as empresas não apenas aumentam a produtividade, mas também promovem um ambiente de trabalho positivo e estimulante.

Vale lembrar que 71% das empresas brasileiras não cumpriram as metas do setor comercial em 2022, de acordo com o levantamento do Panorama de Vendas. Então, o programa de incentivo pode ajudar nesta finalidade.

Além disso, as campanhas de incentivo podem ser uma ferramenta eficaz para lançar novos produtos, conquistar novos mercados e fidelizar clientes, impulsionando o crescimento e o sucesso a longo prazo da organização.

Neste artigo, discutiremos a importância das campanhas de incentivo de vendas, mostraremos o passo a passo para criar programas eficientes e apresentaremos exemplos inspiradores e dicas importantes para engajar e motivar sua equipe. Continue a leitura!

O que é uma campanha de incentivo de vendas?

Uma campanha de incentivo de vendas é uma estratégia de marketing para motivar a equipe de vendas a alcançar metas específicas e, consequentemente, impulsionar os resultados da empresa

Com a definição de objetivos claros e a oferta de recompensas atrativas, as empresas podem engajar os colaboradores e aumentar a performance em vendas.

Da mesma forma, a aplicação do benefício contribui com a fidelização dos profissionais no time, evitando o famoso turnover nas equipes comerciais e melhorando a retenção de talentos.

Para se ter uma ideia, os colaboradores mais motivados possuem 87% menos chances de deixarem seus trabalhos, segundo pesquisa da Forbes.

Essas campanhas podem ser direcionadas a diferentes públicos, como:

  • Vendedores individuais
  • Equipes de vendas;
  • Toda a empresa.

As recompensas podem variar desde prêmios em dinheiro e viagens até reconhecimento público e benefícios adicionais. 

Leia também: Viagem de incentivo x bonificação: qual a melhor opção?

Campanha, Programa e Política de Incentivo: qual a diferença?

Os 3 termos, apesar de serem parecidos, possuem uma sutil diferença

Política de incentivo: trata-se de uma estratégia a longo prazo, que define as regras e diretrizes para a implementação de programas de incentivo. 

Programa de incentivo: é a implementação prática da política de incentivo. Pode incluir prêmios, descontos, comissões e outras formas de compensação para os vendedores e outros membros da equipe que atingirem seus objetivos de vendas. 

Campanha de incentivo de vendas: é uma ação de marketing a curto prazo, que visa aumentar as vendas de um produto ou serviço em um período específico.

Dessa forma, uma campanha de incentivo de vendas pode ser vista como uma ação tática dentro de uma estratégia maior, definida pela política de incentivo, e executada por meio de um programa de incentivo.

Como fazer uma campanha de incentivo de vendas

Desenvolver uma campanha de incentivo de vendas eficiente exige uma série de passos que precisam ser cuidadosamente planejados. Abaixo, listamos cada uma dessas etapas. Acompanhe:

1 – Defina os Objetivos Estratégicos

Antes de começar qualquer campanha, identifique o que você deseja alcançar. Aumentar as vendas em um percentual específico? Conquistar novos clientes em um determinado nicho de mercado? Reduzir o churn rate?

Tenha em mente que os objetivos da campanha devem estar alinhados com os objetivos gerais da empresa e com as necessidades do seu público-alvo. 

Identifique uma necessidade de melhoria

Ao identificar os aspectos e processos com potencial de melhoria, é possível definir os objetivos da campanha e garantir que eles estão alinhados à realidade da empresa.

No caso da equipe comercial, as necessidades podem ser diferentes. Veja alguns exemplos:

  • Conquistar novos clientes;
  • Reativar clientes que pararam de comprar;
  • Aumentar o ticket médio dos clientes ativos;
  • Estender o tempo de vida dos consumidores ativos.

Em um mesmo setor ou para uma mesma equipe, existem várias possibilidades de melhoria que você pode abordar com uma campanha de incentivo. Por isso, não ignore a viabilidade de desenvolver uma ação envolvendo vários departamentos ou, quem sabe, toda a empresa.

2- Estabeleça Metas

Depois de definir o que é preciso melhorar, é hora de focar nas metas. Considere questões como quantidade, valor e prazo. Quer entender melhor? 

Vamos usar um dos exemplos citados no item anterior. Imagine que é necessário reativar clientes que pararam de comprar. Nesse caso, a meta pode ser reativar 10 clientes, sendo que:

  • Cada cliente deve fechar uma compra para ser considerado reativado;
  • O prazo para reativar os clientes é de 90 dias.

Metodologia SMART

Se você tem dificuldades para estabelecer uma meta, a dica é aplicar o conceito SMART:

  • Specific — específica;
  • Measurable — pode ser medida;
  • Attainable — possível de ser atingida;
  • Relevant — possui relevância;
  • Timely — tem prazo definido.

Outro ponto importante é definir se as metas serão coletivas ou individuais. Mas tenha atenção, pois o recomendado é que a campanha de incentivo leve todos a atingirem suas metas. Assim, tente estimular mais a cooperação do que a competição.

3- Compreenda o Público-Alvo

Para a campanha de incentivo de vendas ser realmente eficaz, é necessário entender profundamente o seu público-alvo, ou seja, os profissionais da área comercial. Quais são os seus perfis, motivações e preferências? O que os atrai e os inspira a alcançar melhores resultados?

Realize pesquisas, colete feedback e analise dados para obter um retrato fiel da sua equipe de vendas. Essa compreensão profunda permitirá que você personalize a campanha, escolha prêmios relevantes e crie uma comunicação que realmente conecte com seus colaboradores.

Veja também: Motivação de Funcionários — Por Que Bônus Não é a Única Forma?

4- Defina o Prêmio

Não pode haver campanha de incentivo de vendas sem premiação. Para definir qual é o prêmio ideal, é importante conhecer bem a equipe. Afinal, se você oferecer algo que não desperta o interesse, o nível de engajamento com a ação pode ser baixo, prejudicando os resultados.

Você pode oferecer prêmios materiais, benefícios ou experiências. Veja alguns exemplos:

  • Vale-compras de lojas de departamentos ou livrarias;
  • Eletrodomésticos e eletroeletrônicos;
  • Bônus no pagamento;
  • Dias de folga abonada;
  • Passeios e excursões.

Ao escolher os prêmios, considere fatores como valor percebido, exclusividade, alinhamento com os interesses da equipe e o orçamento disponível. 

Uma combinação de prêmios tangíveis (como produtos eletrônicos ou vales-presente) e intangíveis (como reconhecimento público, oportunidades de desenvolvimento profissional ou experiências personalizadas) pode ser altamente eficaz.

Além dessas opções, não podemos deixar de mencionar as viagens de incentivo — um dos prêmios mais cobiçados pelos profissionais.

gestão corporativa banner

Avalie se a sua equipe conta com profissionais que ainda não tiveram a oportunidade de vivenciar experiências em outros lugares e invista nessa grande motivação. Há países fora do Brasil, que tem um excelente custo-benefício e podem ser uma opção de destino para viagem de incentivo. Geralmente, esse tipo de proposta rapidamente recebe o engajamento de todos.

5- Determine as Regras e Critérios Claros

Para garantir a transparência e a justiça da sua campanha de incentivo de vendas, é fundamental definir regras e critérios claros para a participação e a conquista dos prêmios. Depois, comunique as regras de forma eficaz para toda a equipe. 

Regras

Pode parecer algo muito simples, mas é preciso ter uma atenção especial a esta parte. Afinal, você precisa ser transparente e objetivo em relação a todos os detalhes, tanto da meta necessária para conquistar a premiação, quanto da premiação em si. Do contrário, os colaboradores podem não entender e criar expectativas incorretas. E um mal entendido pode virar motivo de conflito entre a equipe ou até mesmo com o próprio gestor.

Uma boa sugestão é criar um regulamento. Assim, não é possível mudar os critérios nem contestar as “regras do jogo” depois que a ação começar. 

Critérios

Os critérios de avaliação devem estar diretamente relacionados aos objetivos da campanha e ser facilmente mensuráveis. Utilize indicadores de desempenho chave (KPIs) relevantes, como:

  • Número de vendas fechadas;
  • Valor total vendido;
  • Novos clientes conquistados;
  • Retenção de clientes.

Além disso, é importante oferecer suporte e recursos para que os vendedores atinjam suas metas. Disponibilize materiais de apoio, treinamentos especializados e ferramentas de vendas para auxiliar a equipe a alcançar os objetivos estabelecidos.

6- Acompanhe os Resultados da Campanha de Incentivo de Vendas

Não basta criar uma campanha de incentivo e deixar os resultados transcorrerem normalmente. Mesmo com a campanha rodando, o gestor continua sendo responsável pelo desempenho da sua equipe e precisa estar atento.

Portanto, crie uma métrica para acompanhar o progresso em relação à meta estabelecida. Algumas empresas usam rankings com as informações sobre os prêmios para que as pessoas acompanhem sua performance.

Se você perceber que a equipe não vai conseguir atingir o objetivo, precisa tomar uma decisão. Algumas alternativas são:

  • Deixar a campanha seguir naturalmente até o fim, mesmo que a equipe não atinja a meta

Essa alternativa pode parecer ruim, porque desmotiva a equipe, mas não é bem assim. Se os colaboradores não atingem a meta, é possível que eles transformem a frustração em força de vontade para se esforçarem ainda mais na próxima vez. 

A campanha de incentivo não precisa acabar aí. Você pode criar uma nova ação e oferecer outra oportunidade à sua equipe.

  • Ajustar a meta

É recomendável quando você percebe que errou na hora de estabelecer a meta, fazendo exigências que não são realistas, ou quando ocorreram mudanças abruptas no cenário econômico global ou regional, indicando que será muito difícil o time alcançar a meta. Na primeira situação, sua imagem como gestor pode ser prejudicada.

  • Cancelar a campanha

Esta opção quase nunca é indicada, porque ela pode passar a impressão de que você não foi capaz de planejar e criar uma campanha eficiente, não acredita na equipe ou se arrependeu da promessa da premiação. Obviamente, nenhuma dessas mensagens é positiva para sua imagem.

7- Entregue a premiação

A campanha de incentivo de vendas chegou ao fim e a equipe atingiu a meta. Perfeito! Vocês conquistaram o objetivo. Agora, é hora de cumprir com o prometido e entregar a tão esperada recompensa. Nesse momento, tenha certeza de seguir tudo que foi definido previamente, inclusive a data determinada para a premiação.

Com esses passos simples, você elabora e executa uma campanha poderosa, capaz de motivar a equipe, melhorar o desempenho dos colaboradores e garantir excelentes resultados para a empresa.

8 exemplos de campanhas de incentivos de vendas

Confira alguns exemplos de campanhas de incentivo de vendas que podem ser eficazes em diferentes contextos:

Bônus por metas alcançadas

Esta é uma campanha clássica em que os vendedores recebem um bônus financeiro sempre que atingirem determinadas metas de vendas. 

Por exemplo, um bônus adicional pode ser concedido quando um determinado valor de vendas é alcançado dentro de um determinado período de tempo.

Viagens de incentivo

Oferecer viagens como prêmios para os melhores vendedores pode ser uma poderosa forma de motivar a equipe. Essas viagens podem incluir destinos populares, eventos exclusivos ou até mesmo viagens internacionais para destinos exóticos.

Veja também: Como a Copastur contribui para uma viagem de incentivo?

Prêmios não monetários

Nem todos os incentivos precisam ser financeiros. Prêmios não monetários, como eletrônicos de última geração, experiências únicas (como cursos de culinária, atividades esportivas etc.) ou até mesmo dias extras de folga, podem ser igualmente motivadores.

Competições entre equipes

Dividir a equipe em grupos e realizar competições entre eles pode criar um espírito de equipe saudável e aumentar a produtividade. O time vencedor pode receber prêmios especiais ou reconhecimento público.

Incentivos progressivos

Estabelecer metas progressivas ao longo do tempo, em que os vendedores recebem prêmios maiores à medida que alcançam marcos específicos, pode manter a motivação alta ao longo do tempo.

Reconhecimento público

Às vezes, o reconhecimento público do desempenho de um vendedor pode ser tão valioso quanto um prêmio financeiro. Destaque os melhores desempenhos em reuniões de equipe, boletins informativos da empresa ou nas redes sociais corporativas.

Programas de fidelidade para vendedores

Oferecer recompensas adicionais para vendedores com altos níveis de desempenho durante um grande período pode ajudar a promover a lealdade e o engajamento.

Campanhas sazonais

Criar campanhas de incentivo específicas para determinadas épocas do ano, como feriados ou datas comemorativas, pode aproveitar o aumento natural da demanda e motivar os vendedores a capitalizar essas oportunidades. Esses são apenas alguns exemplos de campanhas. 

A chave para o sucesso é adaptar as estratégias às necessidades e à cultura específica da empresa, além de garantir que os objetivos sejam claros, alcançáveis e alinhados com a missão e os valores da organização.

O investimento feito na premiação com certeza valerá a pena e resultará em frutos até mesmo em longo prazo. Depois de mostrar aos profissionais que trabalham com você qual é o verdadeiro potencial de cada um, eles não nunca mais vão regredir.

Ficou interessado em implementar uma campanha de incentivo de vendas na sua empresa? Aproveite para conhecer a agência de viagens de incentivo, serviço dentro da Biosfera Copastur.

Veja como podemos ajudar a sua organização a motivar a equipe de vendas com experiências incríveis de viagens!

Posts Relacionados

Rolar para cima