Como usar eventos corporativos como estratégia de marketing?

A tecnologia expande negócios, globaliza informações e conecta indivíduos. No entanto, não proporciona o vínculo emocional por meio do contato face a face. Aí está a explicação para trabalhar os eventos corporativos como estratégia de marketing, na medida em que essa ação tem rendido excelentes frutos para as mais diferentes companhias ao longo do tempo.

Empresas que se preocupam em manter um relacionamento mais próximo com os públicos interno e externo têm lançado mão desse recurso como forma de promover um contato mais humano. A missão do post de hoje é trazer dicas práticas para que você passe a usar essa ferramenta a favor da sua organização. Para saber mais sobre o assunto, continue a leitura!

A importância dos eventos corporativos

Por mais incrível que pareça, planejar e executar um evento pode ser visto como um custo desnecessário — especialmente em tempos de crise. Contudo, muitas vezes, essa pode ser a oportunidade ideal para reunir uma determinada audiência e mostrar a força da marca, a perseverança da sua empresa e a postura positiva da sua equipe frente aos desafios.

O principal benefício de produzir eventos corporativos é poder passar sua visão para um grande público de uma forma pessoal, expandindo, com isso, seu poder de influência.

Em um evento interno, por exemplo, é possível estimular o companheirismo entre os funcionários, despertar o senso de colaboração, fortalecer a cultura organizacional e motivar as pessoas para que atinjam suas metas de trabalho.

Já no plano externo, um evento bem elaborado é capaz de incentivar parcerias de negócios, gerar oportunidades de vendas, atrair novos clientes e fidelizar os já existentes.

Resumindo: esses eventos reúnem uma gama enorme de possibilidades, todas trabalhando em conjunto para ajudar a empresa a atingir seus objetivos de negócio — sejam eles quais forem.

Os eventos corporativos como estratégia de marketing

eventos corporativos como estratégia de marketing

Cada empresa pode determinar o tipo de evento a ser produzido para que possa atingir suas metas. Mas, como as possibilidades são muitas e servem tanto para o público interno quanto para o externo, como escolher?

Além disso, outra pergunta que costuma surgir nessas horas é: o que levar em conta? Na sequência, veja para qual propósito determinadas alternativas servem e comece já a pensar na melhor opção para o seu negócio!

Cafés

Os cafés da manhã podem ser usados para integrar o time, favorecer a troca de ideias e tornar o clima organizacional mais amigável — especialmente quando existe o receio de demissões e de corte de custos.

Essa é uma maneira agradável de mostrar que, apesar das dificuldades, a empresa valoriza os colaboradores e quer vê-los bem. Isso pode deixá-los muito mais motivados e, inclusive, contribuir para que sejam mais produtivos.

Aplicado ao público externo, o café empresarial também oferece uma série de vantagens. Ele pode servir de ponto de partida para o estabelecimento de parcerias, o fechamento de contratos e o atendimento a clientes corporativos.

Dessa maneira, transforma-se uma situação normalmente bem formal em um cenário menos tenso e mais aberto ao diálogo.

Workshops

Os workshops são eventos voltados para a prática. O objetivo principal das empresas com eles é ensinar algo relevante para as pessoas presentes e em pouco tempo.

Esse formato pode ser usado para treinar seu time e, ao mesmo tempo, fortalecer os valores da empresa, consolidando a marca na mente de cada colaborador.

No caso do público externo, são ótimas oportunidades para gerar novos negócios com clientes já existentes, estimulando o upsell e o cross sell.

Uma empresa de tecnologia que acaba de desenvolver uma nova solução, por exemplo, pode convidar seus clientes para participar de um workshop demonstrativo da nova ferramenta, fomentando o desejo e despertando a necessidade pelo produto.

Feiras

Quando o assunto é alcançar novos leads e clientes, as feiras entram como principal estratégia de marketing off-line. Elas têm sido a aposta de muitas organizações no Brasil e no mundo.

Eventos como esses não só atraem uma grande quantidade de pessoas como também recebem atenção da mídia, colocando sua marca em evidência.

Nessas ocasiões, é possível conversar com várias pessoas, trocar cartões de visitas, agendar reuniões e ter uma boa ideia das ações da concorrência. Com isso, você se verá ampliando sua capacidade de analisar o mercado e de elaborar novas estratégias de marketing.

Reuniões

Empresas que trabalham com representantes de vendas podem se valer das reuniões ou convenções de vendas para transmitir informações.

Nessas ocasiões, também é possível mostrar produtos e serviços, obter feedback da rede de representantes e confraternizar com esse público. Essas atitudes são essenciais para o alcance de bons resultados.

Porém, é importante que as reuniões não se percam em meio a longas discussões, desviando o foco dos assuntos principais e durando muito mais do que o previsto inicialmente.

No geral, encontros improdutivos resultam em muitas queixas provenientes do público presente. Pense em estratégias que tornem possível o máximo de aproveitamento por parte das pessoas.

Seminários

eventos corporativos como estratégia de marketing

Se você almeja formar parcerias, fortalecer a marca, consolidar o posicionamento da empresa no mercado e atrair investidores, pode optar por organizar seminários.

Nesses eventos, pequenas palestras são proferidas por profissionais do setor a fim de ampliar o debate sobre determinado assunto. Pense em temas que estão em alta e que geram bastante engajamento.

Avalie bem os profissionais que vão palestrar, pois essa escolha vai falar muito acerca da sua empresa. Além disso, procure quem realmente domine os assuntos expostos.

É possível mesclar os seminários com workshops e mesas de debate, para melhorar a integração entre os participantes e difundir ideias e inovações que estão sendo trabalhadas pela empresa e pelo mercado.

Lançamentos

Quando há um novo produto ou serviço sendo desenvolvido pela companhia, é possível trabalhar o marketing com eventos de lançamento, convidando organizações do setor, clientes, mídia e influenciadores para realizar a apresentação.

Esses lançamentos podem ser transmitidos via streaming para outras localidades, ampliando assim o alcance da sua marca e envolvendo parceiros e representantes geograficamente distantes.

Esse tipo de iniciativa certamente contribuirá, inclusive, para que haja um maior engajamento nas vendas, gerando um crescimento representativo nos lucros do seu negócio.

Mas vale ficar atento: nunca realize um lançamento de produto ou serviço para a sociedade sem antes fazê-lo para seu público interno. Afinal, é preciso valorizar as pessoas que contribuem para o crescimento da empresa! Então, que tal oferecer um pré-lançamento exclusivo?

Fechamentos

Eventos corporativos também podem ser aplicados como fechamentos anuais, convidando todos os que fizeram parte das conquistas da empresa.

Você pode optar por eventos segmentados por público (sócios e acionistas, parceiros de negócios, fornecedores e funcionários) ou organizar um único encontro para que todas essas pessoas interajam.

A organização desse tipo de evento é uma ótima forma de fugir das tradicionais lembrancinhas de Natal, que podem facilmente ficar esquecidas em uma gaveta, sem importância alguma.

Não parece ótimo trocar um bem material por uma experiência única, que ficará guardada na memória? Certamente, ela será inesquecível para várias pessoas.

O que fazer nos eventos

Escolhido o tipo de evento que você vai realizar, chegou a hora de analisar, de maneira mais específica, o que se pretende fomentar a partir dele. Essa também é uma etapa que exige bastante atenção.

Não basta apenas pensar em um formato que seja interessante. É necessário ainda focar naqueles objetivos mais singulares. Como delimitar isso? Primeiramente, é importante verificar quais são as demandas mais urgentes.

Lembre-se de que organizar um encontro requer a utilização de recursos importantes porém, muitas vezes, escassos, como tempo e dinheiro. Dessa forma, não se deve desperdiçá-los com ações que não vão trazer os resultados que você mais necessita no momento.

Faça uma lista das suas metas principais e deixe-a perto de você na hora de planejar as ações e os resultados que espera para os eventos. Ela poderá ser um ótimo guia para que você extraia os melhores frutos dessa situação.

Ofertas

Por si só, essa palavra já costuma chamar bastante a atenção das pessoas. Agora imagine em um contexto preparado para que os produtos e serviços a preços reduzidos estejam ainda mais em evidência.

Trabalhar com ofertas ou benefícios exclusivos não somente é uma forma de atrair mais pessoas ao local, mas também de fidelizá-las à sua marca. Muitas delas poderão ter uma primeira experiência por causa dos valores diferenciados e estabelecer um bom relacionamento com a organização a partir disso.

Contudo, é relevante que aquilo que você estiver oferecendo para o público realmente esteja a um preço atrativo e que a promoção seja, de fato, verdadeira. Caso contrário, o efeito pode ser completamente contrário.

Há a possibilidade de as pessoas ficarem realmente ressentidas com a empresa e não quererem se aproximar mais dela, por muitos anos, se elas se sentirem enganadas pela companhia. Ofereça ganhos existentes.

Relacionamento interpessoal

Não é novidade que cultivar relacionamentos é essencial para o próprio desenvolvimento profissional e, consequentemente, para o crescimento da empresa. A relevância de contar com um bom networking é sempre reafirmada por profissionais das mais diversas áreas.

Apesar de várias pessoas terem conhecimento acerca dessa realidade, nem sempre elas dominam como fazer e manter bons contatos. Muitas vezes, faltam ocasiões para isso.

Essa pode até não ser uma tarefa fácil, mas é justamente aí que entra a oportunidade. A utilização de eventos corporativos como estratégia de marketing atua diretamente nos relacionamentos interpessoais.

Assim sendo, esteja atento às pessoas à sua volta e ao que elas podem oferecer, em diversas áreas. Parcerias significativas podem surgir a partir disso, além de uma frutífera troca de ideias sobre o mercado. Não despreze e nem subestime ninguém.

Premiações

Quase todo mundo tem ou conhece uma história de boas premiações que foram dadas em eventos de todos os tipos, não é mesmo?

Geralmente, a satisfação do ganhador faz com que ele, até mesmo indiretamente, acabe divulgando a marca que concedeu o presente e, ainda melhor, de uma maneira bastante positiva.

Tendo essa ideia como ponto de partida, pense em dar brindes diferenciados para alguns dos presentes no evento que você está promovendo.

Os sorteios são boas opções para que isso seja feito. Opte por entregar produtos da sua marca ou, quando isso não for possível, por itens que façam alusão à sua organização de alguma forma.

Novidades sobre a empresa

O mundo atual costuma ser regido por novidades. Com informações disponíveis a todo momento, diversas criações costumam ter prazo de validade bem curto.

Sendo assim, atrair as pessoas por aquilo que é novo, inédito, costuma ser uma ótima escolha das organizações. Aproveite o evento para divulgar os diferenciais que a companhia tem. Invista em apresentações atrativas, com dados importantes, e em pessoas capacitadas para falar sobre elas para o público.

Nessas situações, pode-se contar cases de sucesso da marca, internos e externos, por exemplo. Além disso, é possível mostrar os temas que a empresa está trabalhando, onde eles já foram aplicados e por que é importante implementar ações relacionadas a esses assuntos específicos atualmente.

Distribuição de materiais

Uma boa estratégia para utilizar nesse tipo de evento é a distribuição de materiais informativos sobre a marca. Após as pessoas saberem mais a respeito da empresa, é importante que elas tenham acesso a um resumo do que viram, assim como um alcance facilitado às principais características dos produtos e serviços oferecidos pela companhia.

Na hora de produzir o material, pense que ele deve ser algo atrativo, mas principalmente sustentável, que seja distribuído preferencialmente de forma digital. É essencial também que você inclua ainda as diferentes formas de entrar em contato com a empresa.

Como você pôde ver, não faltam motivos para usar os eventos corporativos como estratégia de marketing para o seu negócio. Tudo o que você tem a fazer é definir seus objetivos e encontrar o formato mais adequado.

Gostou do artigo? Então, certamente você também vai apreciar este outro conteúdo sobre como gerar receita com eventos corporativos. Boa leitura!

Sobre o autor

Formado em Administração Pública pela Unesp e Pós Graduação em Administração e Gestão de Eventos pelo Senac SP, Alexandre Kida é responsável pela área de eventos & incentivos na Copastur. Com experiência de 17 anos na área, é apaixonado pelo que faz, compromissado com a excelência na entrega dos serviços e satisfação plena dos clientes.

SUA EMPRESA TAMBÉM PRECISA DE UMA GESTÃO INTELIGENTE DE VIAGENS?

Entre em contato para contratar nossos serviços

Fale Conosco
We are using cookies to give you the best experience. You can find out more about which cookies we are using or switch them off in privacy settings.
AcceptPrivacy Settings

GDPR

  • teste

teste