Como fazer networking em eventos: 7 dicas para organizadores e convidados

Compartilhe este conteúdo:
9 min restantes

Saber como fazer networking em eventos pode ser um desafio para muitas pessoas. A dificuldade geralmente se deve a uma combinação de fatores psicológicos e práticos como o medo de rejeição e a insegurança sobre o que falar. Além disso, a falta de preparação e estratégia pode fazer com que os participantes se sintam perdidos ou sem propósito, dificultando a identificação de contatos relevantes. 

A dinâmica dos eventos, muitas vezes movimentada e ruidosa, também pode ser desafiadora, tornando difícil encontrar momentos propícios para conversas significativas. 

Para superar esses obstáculos, é essencial desenvolver habilidades de comunicação, estabelecer objetivos claros e adotar uma abordagem proativa e confiante.

Neste post iremos nos aprofundar no tema networking em eventos e apresentaremos dicas de como fazer boas conexões profissionais com sucesso e também mostraremos como os organizadores podem estimular o contato entre os participantes. Confira!

O que é networking

Networking em eventos é o processo de construir e fortalecer relações profissionais durante encontros e conferências,com o objetivo de trocar informações, ideias e oportunidades.

Esse tipo de networking é uma ótima maneira de expandir sua rede de contatos, conhecer novos parceiros em potencial, identificar novas oportunidades de negócios e até mesmo encontrar possíveis colaboradores para projetos futuros. 

Ao interagir com outros participantes, você pode aprender sobre tendências do setor, compartilhar conhecimentos e insights, e criar uma base sólida para relacionamentos profissionais duradouros.

Como fazer networking em eventos

Fazer networking em eventos exige uma abordagem estratégica e proativa. Abaixo listamos 7 dicas de como fazer com sucesso.

1. Preparação Antecipada

Antes de participar de um evento, é importante fazer uma pesquisa detalhada sobre os participantes, palestrantes e a agenda do evento. Identifique pessoas e empresas de interesse e estabeleça metas claras sobre o que deseja alcançar, seja encontrar parceiros, buscar mentores ou explorar oportunidades de negócio.

Leve tempo para se preparar com perguntas e tópicos relevantes para discutir, o que demonstrará seu interesse e conhecimento.

2. Acessibilidade e Amigabilidade

Durante o evento, sua linguagem corporal e comportamento são essenciais para iniciar o contato com os outros profissionais. Mantenha uma postura aberta e amigável, com um sorriso e contato visual. Apresente-se com um aperto de mão firme e confiante.

Estar acessível significa estar presente no momento, sem distrações como celulares, e mostrar-se interessado nas conversas. Isso cria uma primeira impressão positiva e abre portas para interações mais profundas.

3. Participação Ativa em Palestras e Workshops

Participar ativamente de palestras, workshops e sessões interativas oferece uma excelente oportunidade para conhecer pessoas com interesses semelhantes. 

Faça perguntas relevantes durante as sessões e participe de discussões. Isso não apenas aumenta sua visibilidade, mas também demonstra seu interesse e conhecimento no tema, atraindo a atenção de outros participantes.

4. Troca de Cartões de Visita

Tenha sempre cartões de visita à mão e esteja preparado para trocá-los quando for apropriado. No entanto, evite distribuir cartões indiscriminadamente. Em vez disso, troque cartões após ter uma conversa significativa, o que aumenta a probabilidade de a pessoa lembrar de você e da interação que tiveram. 

Quando receber um cartão, olhe para ele, comente algo sobre a informação nele, e guarde-o cuidadosamente.

5. Conexões Genuínas

Foque em criar conexões autênticas. Em vez de apenas falar sobre si mesmo, faça perguntas abertas e ouça atentamente as respostas. Mostre interesse nas necessidades e projetos dos outros, oferecendo ajuda ou insights quando possível. 

Conexões genuínas são mais memoráveis e valiosas, construindo uma base sólida para futuras interações.

6. Follow-Up Pós-Evento

Fazer um follow-up após o evento com as pessoas que conheceu ajuda a fortalecer as conexões. Envie e-mails personalizados, mencionando algo específico da conversa que tiveram, para reforçar a conexão. 

Conectar-se nas redes sociais profissionais, como LinkedIn, também pode ajudar a manter contato. Um follow-up eficaz demonstra seu profissionalismo e interesse em manter o relacionamento.

7. Construção de Relações a Longo Prazo

Networking é um investimento contínuo em relações de longo prazo. Não se trata apenas de obter benefícios imediatos, mas de cultivar relacionamentos que possam ser mutuamente benéficos ao longo do tempo. 

Mantenha-se em contato regularmente, compartilhe informações úteis e apoie os projetos dos seus contatos. A reciprocidade e a consistência são chave para relações duradouras e valiosas.

Como os organizadores podem estimular o networking em eventos

Quem está cuidando do planejamento de um evento empresarial deve ter em mente que tipos de formatos e atividades podem estimular o networking entre todos os participantes. Confira abaixo algumas dicas que podem te ajudar nesta tarefa.

Comece pelas redes sociais

Você pode começar a estimular o networking em eventos antes mesmo da data marcada. Para isso, a melhor dica é usar as redes sociais! Crie um post para divulgar o encontro profissional no LinkedIn, por exemplo, e aproveite para abrir a discussão para os convidados. Assim, todos já conseguem visualizar quem serão os presentes e identificar interesses em comum.

Lembre-se de estimular a interação entre os convidados no meio virtual, compartilhando materiais alinhados com os objetivos do evento e incentivando comentários e opiniões ao fazer perguntas instigantes. Só não force a barra! Ações como tagear pessoas podem ser consideradas invasivas e causar justamente o efeito contrário do esperado, distanciando os convidados.

Também vale criar um pré-evento, onde os speakers promovem uma discussão de assuntos que serão abordados durante o evento oficial, no intuito de engajar, relacionar e promover o tema do evento.

Leia também o post sobre convite para eventos corporativos

Organize a distribuição de mesas e assentos

Estimular as redes de contato também envolve a definição da logística do evento. Em encontros em que os convidados estarão acomodados em mesas ou dispostos em fileiras de cadeiras (como em palestras), vale a pena dedicar um tempinho à destinação correta de lugares.

Aqui a dica é simples e eficiente: aproxime convidados que você julga que terão mais afinidades ou interesses em comum. Acredite: vizinhos de mesa têm mais possibilidade de entrar em contato uns com os outros de maneira orgânica. 

Mas cuidado! Também é importante que os convidados estejam lado a lado de pessoas conhecidas. Um pequeno grupo de colegas serve como rede de apoio, fazendo com que todos se sintam mais seguros para interagir com pessoas de outros grupos.

Mantenha um layout aberto

Outra questão espacial que definitivamente faz a diferença no networking em eventos diz respeito à mobilidade. É importante que os convidados se sintam motivados a transitar pelo local do evento de maneira livre e, assim, aumentar suas chances de interagir com mais pessoas do seu interesse.

O segredo, portanto, está em evitar poluir demais o espaço do evento com várias mesas ou balcões. Em vez disso, aposte em corredores largos e crie áreas abertas onde as pessoas possam se reunir em pequenos grupos de conversa sem que isso afete de maneira negativa a circulação no ambiente.

Outra ação interessante é criar lounges em áreas estratégicas próximas aos corredores onde as pessoas possam sentar e conversar com maior comodidade.

Dedique tempo de palco às apresentações

Os anfitriões, mestres de cerimônias e moderadores são figuras-chave para estimular interações produtivas. Durante a apresentação do evento ou mesmo no final de uma palestra ou de um workshop, esses profissionais podem agradecer e anunciar a presença de alguns convidados.

Dessa forma, todos os presentes conseguem entender quem são os demais participantes, de que áreas ou empresas eles vieram e quais são seus interesses em comum. É importante que isso seja feito de forma sutil e, ao mesmo tempo, deixando claro que os presentes podem desfrutar de um momento ideal para se dedicar às redes de contato.

Explique também que momentos livres foram planejados para permitir a conversa direta entre os convidados, seja em um coffee break ou em um momento mais descontraído de entretenimento. Assim, os presentes não vão apenas assistir a uma palestra e ir embora, mas aguardarão o momento certo para encontrar aquele cliente ou investidor especial, bater um papo e trocar cartões.

Adicione atividades interativas

Vamos ser honestos: ninguém quer ir a um evento corporativo e ficar apenas sentado ouvindo alguém falar sobre determinado produto, serviço ou uma novidade implementada pela empresa. As pessoas querem sentir que realmente participam do sucesso daquele evento. Desejam, portanto, meios de interação tanto com a empresa quanto com os demais convidados.

Isso pode ser feito com propostas de brincadeiras e jogos realizados em grupo, proporcionando momentos de entretenimento em que os convidados se sintam livres para conversar de maneira natural.

Apresente os convidados

Não são apenas aquelas ações de entretenimento mais ruidosas que ajudam os convidados a ampliar sua rede de contatos, viu? Também é possível fazer isso de maneira mais discreta e tradicional. Em uma recepção, anfitriões, mestres de cerimônias e participantes do staff podem simplesmente apostar na apresentação direta dos convidados! Aqui, também vale a pena o uso de crachás com a identificação de nomes.

Afinal, essas pessoas conhecem o perfil, as empresas e alguns dos presentes e têm ao menos uma ideia de seus interesses, sendo, portanto, capazes de aproximar pessoas que realmente ganharão com essa apresentação. Tente algo como: “Gostaria de apresentar nosso analista de TI, responsável pela manutenção da Empresa X, que atua na mesma área que a sua”. Esse tipo de introdução, simples e discreta, já direciona a interação entre os convidados.

Continue mesmo depois do evento

Os organizadores já sabem que é preciso dar continuidade ao relacionamento pós-evento para garantir a manutenção do seu impacto e estimular o retorno dos convidados. Também podem ser tomadas atitudes que ampliem a capacidade de networking dos participantes.

Vale a pena realizar uma pesquisa de satisfação após o evento para se ter uma conclusão sobre interatividades e ações realizadas durante o evento, fazendo um lançamento ou soltando alguns highlights do que irá acontecer em uma próxima edição.

Manter o evento nas redes sociais, por exemplo, já é uma boa maneira de conservar um canal de comunicação aberto entre os que estiveram presentes. Além disso, o mailing dos participantes, contendo informações como nome e telefone ou e-mail também pode ser disponibilizado pelos organizadores, desde que previamente autorizados pelos convidados.

Agora que você já sabe como fazer networking em eventos e de como estimulá-las nas ações que organiza, aproveite para conhecer os serviços da consultoria de eventos corporativos da Copastur e saiba como podemos ajudar a sua empresa!

Posts Relacionados

Rolar para cima