Buffet para eventos: saiba o que fazer para não errar na escolha

Copastur bannerPowered by Rock Convert

Os eventos empresariais são excelentes oportunidades para divulgar o nome do negócio e estreitar os laços com parceiros, clientes e colaboradores. Afinal, além de propícias ao networking, essas oportunidades também aumentam a integração e o diálogo entre os próprios membros da equipe, bem como entre eles e o público externo à organização, incentivando a parceria e o espírito de cooperação.

Mas para assegurar que tudo saia como o planejado, é importante ficar atento a uma série de detalhes na hora de escolher o buffet para eventos, garantindo que a ocasião seja um verdadeiro sucesso e traga ainda mais prestígio e renome para a corporação. Para ajudar sua empresa a não cometer erros graves, preparamos 6 dicas fundamentais sobre o que deve ser avaliado na hora de escolher o buffet de um evento corporativo. Confira!

Objetivo do evento

O gênero evento empresarial comporta várias espécies de celebrações, indo desde o lançamento de um produto ou um treinamento para colaboradores, passando por workshops e seminários, até chegar às já tradicionais festas da firma. Levando em conta que algumas dessas ocasiões são mais formais que as outras, a organização deve se adequar. E é claro que o cardápio deve acompanhar essas mudanças! Não é certo, portanto, investir indistintamente em uma única espécie de buffet para tudo.

Seminários, cursos e workshops combinam mais com coffee breaks, pois os participantes se alimentarão rapidamente, dentro de breves intervalos entre as apresentações ou os blocos de treinamento. Já em solenidades de confraternização ou comemoração, como os convidados disporão de mais tempo, o buffet pode ser mais elaborado. Nesse caso, que tal apostar em um jantar completo ou mesmo em menus temáticos (de comida mexicana ou japonesa, por exemplo)?

O importante é guardar que, na hora de escolher a tônica da celebração, vale a pena se atentar para o objetivo do evento. Esse cuidado serve até mesmo para que a empresa possa aproveitar a oportunidade para fornecer produtos personalizados, se for o caso — como copos e embalagens com seu emblema, por exemplo. Com isso, acaba se aproximando ainda mais dos convidados e fortalece a sua marca. Então por que não?

Perfil dos convidados

Outro detalhe importante diz respeito ao perfil dos convidados, que está diretamente ligado ao objetivo da festa. Afinal, de acordo com o tipo de evento, o perfil dos participantes também vai variar — podem ser clientes, fornecedores, outros profissionais, os próprios colaboradores da empresa ou até mesmo todos juntos.

Sob outro aspecto, o perfil dos convidados pode se referir às preferências culinárias de cada um, informando desde os tipos de pratos oferecidos até o grau de sofisticação do cardápio. Em eventos da área da saúde, por exemplo, destinados a médicos ou a preparadores físicos, o ideal é investir em alimentos mais leves e nutritivos, com baixo teor de gordura e açúcar. Já se for uma cerimônia de final de ano da empresa, os salgadinhos e doces deixarão o menu mais descontraído e os colaboradores, mais satisfeitos.

Personalizar o buffet conforme as predileções dos convidados demonstrará que a empresa se preocupa em oferecer o melhor para todos em cada pequeno detalhe, desencadeando assim um círculo virtuoso de respeito e admiração pela organização.

Horário da solenidade

Outra boa dica para não errar na escolha do buffet é ficar atento ao horário do evento. O período diurno (tanto pela manhã quanto na parte da tarde) costuma ser mais indicado para coffee breaks, por exemplo, valendo a pena apostar em alimentos mais energéticos — como os ricos em vitamina C, iogurtes, pães, oleaginosas, sucos e café. Já o turno da noite pede um menu mais leve e quente, com pratos mais próximos dos servidos no jantar — como caldos, sopas, chás e torradas, dentre outros.

De toda forma, é importante observar, independentemente do horário do evento, é bem provável que os convidados se servirão de pé. Por isso, o mais recomendado é priorizar alimentos que venham servidos em pequenas porções, facilitando assim o consumo nessas condições.

Quantidade de comida

38

Outro cuidado que não pode ser deixado de lado na hora de organizar um evento corporativo e escolher o buffet se refere à quantidade de alimentos que será oferecida. Nesse caso, será preciso considerar principalmente 3 variáveis: número de participantes, tempo de duração do evento e o tipo de cardápio.

Certamente, o número de convidados e o tempo em que permanecerão no local são as variantes de maior influência na definição das quantidades oferecidas, mas o tipo de menu também não deve ficar de fora dessa análise. Afinal, existem alimentos que promovem mais saciedade que outros.

Além do mais, também não se pode deixar de observar a proporcionalidade sólidos e líquidos. Pense bem: ninguém merece esperar pela reposição de água ou de suco enquanto come um pedaço de pão ou alguns sequilhos! Oferecer alimentos variados também é mais que indicado, inclusive para contemplar pessoas com algum tipo de intolerância alimentar ou que sigam um cardápio mais restritivo por qualquer outro motivo.

Procedência dos alimentos

Essa dica é de absoluta relevância para assegurar o sucesso do seu evento. Mesmo antes de decidir o menu a ser servido, é importante se atentar para a procedência dos alimentos oferecidos, escolhendo com o máximo de atenção a empresa que os fornecerá e o profissional encarregado de prepará-los. Alimentos de má qualidade podem causar sérios riscos à saúde. E você não quer ver seus convidados passando mal, certo?

Menu de bebidas

Servir ou não bebidas alcoólicas no buffet para eventos corporativos: eis a questão. Aqui cabe apenas uma dica: observe o tipo e o objetivo do evento. Não é aconselhável oferecer bebidas alcoólicas em palestras, seminários, workshops ou demais treinamentos, pois, nesses casos, os convidados devem estar mais concentrados e atentos às exposições. Além do mais, é bom lembrar que, como o objetivo não é festejar, é bem provável que muitos participantes tenham que voltar para casa dirigindo.

Por outro lado, se o evento empresarial for uma celebração mais informal e descontraída, não haverá mal algum em brindar seus convidados com uma cervejinha ou um bom vinho. Ao contrário, a turma ficará ainda mais animada!

Eventos empresariais são uma excelente forma de conquistar clientes, firmar novas parcerias ou mesmo fidelizar os funcionários. Por isso, tomar alguns cuidados é essencial que tudo saia como o planejado. Seguindo essas dicas, sua empresa certamente fará sucesso!

E então, gostou do nosso post sobre como organizar um buffet para eventos? Então aproveite para curtir nossa página no Facebook e fique por dentro de mais dicas como essas!

Sobre o autor

Formado em Administração Pública pela Unesp e Pós Graduação em Administração e Gestão de Eventos pelo Senac SP, Alexandre Kida é responsável pela área de eventos & incentivos na Copastur. Com experiência de 17 anos na área, é apaixonado pelo que faz, compromissado com a excelência na entrega dos serviços e satisfação plena dos clientes.

SUA EMPRESA TAMBÉM PRECISA DE UMA GESTÃO INTELIGENTE DE VIAGENS?

Entre em contato para contratar nossos serviços

Fale Conosco
We are using cookies to give you the best experience. You can find out more about which cookies we are using or switch them off in privacy settings.
AcceptPrivacy Settings

GDPR

  • teste

teste