Sustentabilidade Corporativa Para Implementar nas Empresas

A sustentabilidade corporativa está cada vez mais presente nas organizações. Isso porque o cuidado com o meio ambiente tornou-se uma demanda essencial para a sociedade. Por este motivo, os consumidores estão cada vez mais atentos ao tema e exigem um posicionamento sobre esse assunto.

Como ainda existem muitos gestores que não estão inseridos nesse assunto, neste artigo vamos abordar mais sobre esse conceito e explicar como implementá-lo na rotina da empresa. Confira!

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente dar o play abaixo ou fazer o download para ouvir offline!


 

O que é sustentabilidade corporativa?

A sustentabilidade corporativa nada mais é do que unir o conceito de práticas sustentáveis aos resultados financeiros. Ou seja, é uma forma da empresa agir considerando o desenvolvimento social e a preservação ambiental.

O objetivo do negócio continua sendo a busca por faturamento e lucratividade, entretanto, aliando seus produtos e/ou serviços a ações que reduzem os impactos socioambientais de sua atividade. Assim, o posicionamento estratégico da marca é bem definido e mostra quais são as prioridades da organização.

O consumidor, que está alinhado a esta visão, passa a confiar mais na marca e passa a consumir ou apoiar a empresa por conta disso. Mas atenção, existem algumas cuidados que a empresa precisa tomar.  

O que é greenwashing e por que evitá-lo?

Vimos a importância da sustentabilidade corporativa, porém, você sabe o que significa greenwashing? 

Em tradução livre, a “lavagem verde” é um termo usado para caracterizar empresas, indústrias e quaisquer outras organizações que promovem discursos e propagandas exaltando o quanto são ecologicamente corretos e sustentáveis, mas que, na realidade, geram impactos negativos ao meio ambiente.

Por exemplo, se uma empresa que produz automóveis movidos a combustíveis fósseis (que emitem grande quantidade de CO2) diz ser sustentável de alguma forma, grandes são as chances de ela estar praticando o greenwashing. 

Por isso, é muito importante evitar esse tipo de “propaganda enganosa” e procurar outras ações para realmente implementar práticas para a proteção ambiental nas empresas. 

Quais são os pilares da sustentabilidade corporativa?

Assim como os conceitos de ESG na sustentabilidade, quando falamos dessa preocupação socioambiental no meio corporativo, identificamos três pilares principais:

  • o econômico;
  • o social;
  • e o ambiental. 

Eles precisam caminhar juntos para que a sustentabilidade empresarial funcione.

1. Fator econômico

A busca pelo lucro é fundamental para que a empresa continue de pé e funcionando bem. Gerenciar de uma forma eficiente, agregando valor ao produto ou serviço, é uma forma de garantir retorno sobre o investimento. 

Portanto, a sustentabilidade corporativa não significa deixar de lado a lucratividade do negócio. Pelo contrário, inovar e encontrar tendências tecnológicas que beneficiem o ambiente ao mesmo tempo em que diminuem os desperdícios e custos operacionais, é uma estratégia que gera muita economia para a empresa. 

2. Fator social

O pilar social é também imprescindível, pois cuidar das pessoas também é uma forma de ser sustentável. Para isso, a corporação deve mostrar que se preocupa tanto com os colaboradores quanto os consumidores. Ela pode fazer isso por meio de:

  • salários dignos, condizentes com a qualificação da pessoa e sem distinção de gênero;
  • ambiente de trabalho saudável e seguro;
  • clima organizacional inclusivo;
  • infraestrutura que garanta a acessibilidade;
  • ações beneficentes para a sociedade;
  • entre outras.

3. Fator ambiental

Já o fator ambiental é a base para a sustentabilidade corporativa. Existem inúmeras práticas que as organizações podem implementar, como:

  • reduzir a emissão de carbono;
  • fazer a gestão resíduos sólidos;
  • utilizar documentos digitais para a redução do uso de papel;
  • investir em programas educativos (para a conscientização dos colaboradores);
  • utilizar fornecedores sustentáveis;
  • diminuir o consumo de descartáveis;
  • promover a logística reversa (recolher os produtos após o seu consumo, no pós-venda);
  • incentivar a redução do consumo de energia e água;
  • utilizar fontes de energia renováveis;
  • verificar a infraestrutura da empresa para encontrar vazamentos e evitar desperdícios;
  • entre outras diversas ações.

Combinar todas essas iniciativas é uma maneira de gerar mudanças e agir para realmente contribuir com a sustentabilidade. Além de ampliar os lucros da empresa, trará uma boa imagem perante ao público, garantindo a longevidade do negócio.

Como implementar ações de sustentabilidade corporativa?

Para que essas iniciativas tenham efeito, a companhia deve elaborar campanhas constantes para conscientizar seus colaboradores para adotarem práticas sustentáveis. Uma das formas mais eficientes de fazer isso é construir, em grupo, algumas  atividades como:  

  • cursos de curta duração e palestras;
  • parcerias com outras empresas/ONGs voltadas para a preservação ambiental;
  • contato direto com especialistas que atuam em projetos de sustentabilidade;
  • implementar as ações socioambientais na política da empresa e transformar em algo que é parte da cultura organizacional.

A sustentabilidade corporativa é um esforço de todos dentro das empresas e uma demanda da sociedade. As companhias não podem mais fechar os olhos para esse tema e precisam agir, do contrário, a opinião pública pode ser muito negativa. 

Aproveite também para ler o artigo do blog da Copastur sobre as 7 soluções de gestão de eventos que podem melhorar a imagem da empresa

SUA EMPRESA TAMBÉM PRECISA DE UMA GESTÃO INTELIGENTE DE VIAGENS?

Entre em contato para contratar nossos serviços

Fale Conosco
We are using cookies to give you the best experience. You can find out more about which cookies we are using or switch them off in privacy settings.
AcceptPrivacy Settings

GDPR

  • teste

teste