Cartão de crédito corporativo: 5 razões para você adotar

Copastur bannerPowered by Rock Convert

As empresas sempre estão em busca de estratégias que permitam otimizar atividades cruciais ao seu funcionamento. Controlar o fluxo de caixa, reduzir burocracias, agilizar a conferência de dados e proporcionar boas experiências aos próprios colaboradores estão entre os objetivos de muitas organizações.

Um recurso que pode atender a esses quesitos e proporcionar outras vantagens é o cartão de crédito corporativo. Ele é útil para o pagamento de gastos relacionados a uma série de produtos e de serviços, especialmente aqueles envolvidos em viagens de negócios e em atividades de eventos.

Que tal saber mais sobre como esse cartão funciona e conferir as principais razões para adotá-lo? Acompanhe o nosso artigo e tire as suas dúvidas!

O que é um cartão de crédito corporativo?

Trata-se de um recurso desenvolvido para otimizar a organização financeira das empresas. Como o próprio nome indica, representa a tradicional forma de pagar contas e despesas com o “dinheiro de plástico”.

É muito parecido com o cartão de crédito comum, utilizado por pessoas físicas. Sua diferença em relação a esse modelo está no fato de que se destina aos colaboradores, gestores e demais profissionais envolvidos com as atividades da organização.

Obtenção do cartão

O cartão de crédito corporativo pode ser solicitado no banco em que a empresa mantém sua conta-corrente. É possível escolher um modelo centralizado — quando todos os portadores têm o mesmo limite — ou individualizado — quando cada portador tem um limite próprio.

Pagamento da fatura

Fica a cargo da empresa definir se pagará ou não as faturas. Em ambos os casos, a gestão financeira pode ser beneficiada. Caso não pague, não terá custo nenhum. Do contrário, poderá acompanhar como os funcionários gastam o dinheiro e fazer esse controle de perto.

Limites e taxas

Cada empresa emissora de cartão define suas regras e tabelas de preços. Em geral, os cartões de crédito corporativos têm limites maiores, taxas mais atrativas e juros mais baixos que os modelos desenvolvidos para pessoas físicas.

Cabe destacar que muitas administradoras de cartão empresarial mantêm parcerias com empresas, garantindo, assim, descontos em serviços e produtos ligados a essas marcas. Vale a pena pesquisar as opções antes de investir nesse recurso.

EBOOK Guia do Expense Management Conheça os Benefícios e Saiba Como FazerPowered by Rock Convert

Dependendo da negociação realizada com a administradora, é possível obter valores de anuidade mais atraentes e prazos mais longos para o pagamento das contas — o que evita a retirada de quantias elevadas do caixa da empresa.

Quais são os cartões voltados para viagens corporativas?

A tecnologia está presente em várias atividades empresariais. Hoje, auxilia colaboradores por meio de aplicativos para viajantes, facilita o trabalho de gestores a partir de funcionalidades de softwares, e muito mais.

Seguindo o caminho das novidades e inovações, um novo modelo de cartão de crédito corporativo surge no mercado. Trata-se do virtual card number (VCN), um número individual que dura somente até o momento em que a transação é realizada.

Com essa geração de cartão por transação, fica mais fácil reduzir fraudes no custeamento de despesas. Afinal, depois que o valor recebido pelo funcionário for utilizado, seu número ficará inválido para a realização de novas compras.

Da mesma forma que o cartão de crédito corporativo de plástico, o VCN permite pagar passagens, hospedagem, transporte, alimentação e outros serviços. Por durar pouco tempo e não se tratar de um item físico, não gera custo extra.

Independentemente do tipo de cartão escolhido, é preciso adotar boas práticas para garantir o uso correto e evitar problemas. Veja as principais:

  • incluir regras na política de viagens corporativas — é importante definir limites de gastos, os estabelecimentos em que o cartão será aceito e outras ações junto aos colaboradores e, se possível, com o banco;
  • criar relatórios frequentes — a empresa deve fazer registros do que foi gasto em cada viagem para definir o que pode ser mantido e o que precisa ser melhorado, sempre visando o respeito ao orçamento;
  • utilizar sistemas para administrar despesas — um software com módulo de expense management ajuda a gerir gastos diretos e indiretos das viagens para importar dados de faturas, agilizar o fluxo de aprovações e controlar custos com eficiência;
  • contar com ajuda especializada — uma empresa de gestão de viagens corporativas pode cuidar de toda a parte relacionada à conciliação de faturas e cartões, auxiliando os gestores a prestar contas.

Por que adotar o cartão de crédito corporativo?

Tanto o cartão de crédito corporativo físico quanto o virtual proporcionam vantagens às empresas que apostam em suas funcionalidades. Muitas delas são atrativas para quem ainda não investiu nessa modalidade de pagamento. Veja só!

1. Controlar gastos

Muitos gestores procuram definir limites de valores para custear cada tipo de despesa, sempre buscando adequar os gastos corporativos às políticas internas da empresa. Com um cartão corporativo pré-pago, por exemplo, é possível garantir que os custos com hotel, passagem e outros serviços fiquem próximos do previsto.

2. Fazer reembolsos

É comum que os funcionários solicitem reembolsos após realizarem viagens corporativas em nome da empresa. Nesses casos, o cartão de crédito corporativo simplifica o processo de pagamento porque funciona como um relatório completo — no qual extratos, datas, locais e outros dados ficam registrados.

3. Gerenciar tudo online

Muitas administradoras de cartão contam com gerenciadores online. Isso é uma grande vantagem para as empresas que querem acompanhar, em tempo real, a movimentação financeira dos colaboradores durante os deslocamentos.

Em outras palavras, é possível saber se os gastos estão dentro do limite definido na política de viagens. Com o monitoramento via internet, os gestores também podem realizar processo de auditoria facilmente.

4. Incentivar funcionários

O cartão de crédito corporativo pode se transformar em uma ferramenta para motivar equipes a alcançar metas. Para isso, a empresa tem a possibilidade de carregar o cartão com um valor específico para que o colaborador use em compras, pagamento de contas, recarga de celular ou até faça um saque.

EBOOK Guia Completo Como Fazer a Prestação de Contas em Viagens CorporativasPowered by Rock Convert

O montante pode ser entregue sempre que um funcionário atingir seu objetivo. Assim, todos se sentirão estimulados a dar o melhor para conquistar o prêmio em forma de crédito no cartão.

5. Obter segurança

Os cartões corporativos protegem a empresa e seus funcionários de diversos problemas. Primeiro que eliminam a necessidade de carregar grandes quantias de dinheiro em viagens, prevenindo furtos e roubos de pessoas mal-intencionadas.

Além disso, muitas administradoras incluem serviços personalizados e seguro viagem em seus contratos. No caso do cartão por transação, há que se considerar a vantagem da expiração que ocorre após a compra. Dessa forma, fica menos sujeito a ataques cibernéticos e coleta de dados.

E então, o que achou da possibilidade de incluir o cartão de crédito corporativo na rotina da empresa? Além de facilitar uma série de processos, esse recurso será um ótimo aliado na hora de organizar viagens e garantir que tudo saia como o planejado.

Se você gostou deste artigo e acredita que possa ser útil a outras pessoas, compartilhe em suas redes sociais!

SUA EMPRESA TAMBÉM PRECISA DE UMA GESTÃO INTELIGENTE DE VIAGENS?

Entre em contato para contratar nossos serviços

Fale Conosco
We are using cookies to give you the best experience. You can find out more about which cookies we are using or switch them off in privacy settings.
AcceptPrivacy Settings

GDPR

  • teste

teste